Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Cataratas do Iguaçu, Patrimônio Natural que encanta!

Declarada Patrimônio Natural da Humanidade, as Cataratas do Iguaçu são uma visita obrigatória para os amantes do turismo e atraem visitantes do mundo inteiro, com sua beleza espetacular.

A visita à inúmeras quedas d`água que formam as Cataratas do Iguaçu é emocionante. Para quem conhece as Cataratas do Niágara fica evidente que as do Iguaçu oferecem outro tipo de experiência. Isso porque se encontra em meio à floresta de um Parque Nacional, preservado, com imersão do viajante na mata e acesso bem próximo às quedas.

Cataratas do Iguaçu, Patrimônio Natural que encanta os visitantes do Brasil e do exterior!

A visita às Cataratas do Iguaçú, no lado brasileiro, é facilitada por passarelas e escadarias, muito bem conservadas, especiais para fotos em seus mirantes. A volta é facilitada por um elevador panorâmico que deixa o turista a 200 metros da entrada do local. Na Garganta do Diabo, ponto onde se concentram mais as quedas, o turista toma um banho de cachoeira, principalmente nos meses de cheia. É inevitável sair encharcado, mas o sentimento de renovação é indescritível.

A visita à inúmeras quedas d`água que formam as Cataratas do Iguaçu é emocionante.

Para a visita, é preciso estar com uma bolsa impermeável ou seu dinheiro e documentos serão danificados. Use roupas e calçados, não sandálias, para proteger os pés de arranhões na descida. Leve sua capa de plástico ou compre na loja de souvenirs ao lado do elevador panorâmico, se não quiser molhar a roupa.

Foz do Iguaçu

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Para os brasileiros, a visita às Cataratas do Iguaçu, ao menos uma vez na vida é visita obrigatória. Mas muitos voltam várias vezes, pela beleza deslumbrante do lugar. Foz do Iguaçu e as Cataratas foram escolhidos pelos viajantes como um dos 10 destinos turísticos em alta no mundo.

As Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu foi a segunda atração turística mais visitada do Brasil, em 2015, com 1,5 milhão de turistas, atrás apenas do Parque Nacional da Tijuca, onde se localiza o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, que recebeu 3,1 milhões de turistas.

Os equipamentos de apoio aos visitantes como informações, ônibus abertos para transporte às quedas, lanchonetes, banheiros, lojas de souvenirs, são de ótima qualidade e atendem aos viajantes exigentes de todo o mundo.

Mapa cataratas

As Cataratas do Iguaçu passaram a integrar as Novas Sete Maravilhas da Natureza, título mundial, desde 2012, quando foram eleitas por participantes de todos os países do mundo, através da internet. No Brasil também se encontra outra Maravilha da Natureza, que é a Amazônia, sendo que é o único país que detém duas maravilhas.

O Parque Nacional do Iguaçu – o preservado local das Cataratas

As Cataratas do Iguaçu localizam-se no interior do Parque Nacional do Iguaçu, que é administrado pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. O Parque do Iguaçu é um caso exemplar de como é possível a integração bem sucedida entre conservação dos recursos naturais e o uso sustentável desses recursos pelo turismo.

O Parque foi criado em 1939, em uma região de floresta Atlântica. A sua biodiversidade é riquíssima, com espécies da fauna brasileira, muitas ameaçadas de extinção, como a onça-pintada, o puma, o jacaré-de-papo-amarelo, o papagaio-de-peito-roxo, o gavião-real. Também espécimes raros da flora do Brasil, como peroba-rosa, o ariticum, a araucária e outras de importante valor científico.

Por abrigar essa diversidade biológica e a espetacular beleza das Cataratas, o Parque Nacional de Iguaçu foi instituído Sítio do Patrimônio Mundial Natural, pela Unesco, desde 1986.

Considerando as áreas do Parque Nacional brasileiro e do Parque Nacional Iguazú, na Argentina, essa é uma região biológica contínua das mais importantes da América do Sul, num total de 600 mil hectares de áreas protegidas, além de 400 mil hectares de florestas virgens. Os brasileiros e argentinos são responsáveis pela preservação desse patrimônio mundial natural.

O rio Iguaçu – “água grande”!

No idioma Tupi-guarani, Iguaçu significa “água grande” e olhando as Cataratas você vai constatar o quanto ele é poderoso e gigante. As quedas variam de 40 a 80 metros de altura, com uma largura de 2780 metros. O seu número pode chegar a mais de 100, dependendo da vazão do rio.

Acima das Cataratas o rio mede extraordinários 1200 metros, estreitando-se abaixo para um canal de 65 metros. A formação das Cataratas ocorreu há aproximadamente 200 mil anos.

Nas ocasiões de seca, a vazão fica em torno de 500 m3/s, na vazão média o volume de água é em torno de 1.500 m3 por segundo, chegando a 8.500 m3/s na temporada das cheias, que acontecem entre os meses de outubro a março.

Catarata

Os saltos do lado brasileiro foram identificados com nomes dos integrantes do governo da primeira República: Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, além do Santa Maria e o União. Mais 15 saltos estão do lado argentino. No entanto, por estarem voltados para o Brasil, a vista para quem observa o cenário do lado brasileiro é mais completa e empolgante. No total, são 270 quedas d`água no Parque.

Os principais saltos são 19, cinco deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos, na maior parte deles, está voltada para o Brasil, por esse motivo a melhor vista é para quem observa o cenário a partir do Brasil.

A cidade de Foz do Iguaçu, na tríplice fronteira Brasil, Argentina e Paraguai

Foz do Iguaçu tem cerca de 300 mil habitantes, se considerado apenas o lado brasileiro e 750 mil habitantes contando o seu lado Paraguaio e Argentino. Foz do Iguaçu é caracterizada pelo turismo e pela diversidade cultural. São 89 as nacionalidades de seus habitantes, sendo fortes as representações do Líbano, Síria, China, Paraguai e Argentina. Em Foz do Iguaçú a diversidade cultural se expressa em todos os idiomas!

A cidade vem diversificando suas atividades para atender ao turista do Brasil e do exterior, que procura a região para conhecer sua atração máxima, as Cataratas do Iguaçu. Há algum tempo Foz do Iguaçu deixou de ser conhecido como destino dos “sacoleiros”, que até a década de 90 faziam o pequeno contrabando para o Brasil.

Foz do Iguaçu está integrada às cidades fronteiriças de Puerto Iguazú, na Argentina e Ciudad del Este, no Paraguai. A base da economia é o turismo, que representa 70% de suas atividades.

Em 2010, a cidade ganhou 10 prêmios do Ministério do Turismo, por Melhores Práticas e Competitividade. Nos anos de 2014 e 2015, Foz Iguaçú foi eleita pela Revista Quatro Rodas como o destino como o melhor atrativo do Brasil. O jornal inglês The Guardian elegeu Foz do Iguaçú como o melhor destino estrangeiro, a Rede CNN, dos EUA, como um dos 14 destinos mais românticos do mundo.

Na cidade de Foz do Iguaçú, a seis quilômetros do centro, se localiza o Marco das Três Fronteiras, que oferece um panorama de grande beleza, no exato ponto em que o Rio Iguaçu encontra o Rio Paraná, dois gigantes! É possível avistar os marcos do lado paraguaio e argentino. No local foi inaugurado um novo centro para visitantes em dezembro de 2015, com excelente estrutura, como estacionamento, lanchonete, sanitários, mirante e loja de artesanatos.

Paisagem catarata

Além das atrações turísticas na natureza, Foz do Iguaçu oferece uma infinidade de opções de passeios, de lazer, gastronomia e vida noturna. As agências de turismo local oferecem ônibus para city tour, visitas ao Dutty Free argentino para as compras e programas noturnos no lado argentino, incluindo feira de produtos regionais e visita a cassino.

Em dezembro, janeiro e fevereiro, o calor em Foz do Iguaçu tem chegado a 43º.C! Vá no final de fevereiro ou em março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.