Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Capadócia – viagem de balão sobre a Turquia

Se você visitar a Turquia, não deixe de ir até a Capadócia. Uma grande paisagem formada de pedras, rochas de diversas formas e cidades subterrâneas espera por você. Além da cidade Göreme ser belíssima e guardar uma atmosfera exótica, há um passeio que seduz até que tem medo de altura, o passeio de balão.

A Turquia é um país de contrastes e por isso é tão convidativo. Viajar de norte a sul é uma garantia de ver diferentes paisagens, cidades completamente distintas uma das outras, além da riqueza histórica e cultural presente em cada canto.

Foto Roberta C. Leite

Foto Roberta C. Leite

Capadócia se destaca entre os roteiros que mais atraem os turistas na região da Anatólia Central. Apesar da distância saindo de Istambul ser de 700 km, a beleza da cidade faz esse afastamento não ser um empecilho. De ônibus dura cerca de 12 horas, de avião o percurso fica mais leve, até 6 horas. Há duas opções pelo Aeroporto Nevsehir ou Kayseri.

A cidade Goreme é o centro comercial e de estadia para visitantes. Lojas de artesanatos locais, restaurantes com comidas típicas e ao redor a paisagem das rochas que toma conta do horizonte. O por do sol dá um colorido mágico sobre as rochas.

O passeio de balão

Há muitas empresas que oferecem os serviços de passeio de balão. Como o voo geralmente é pela manhã, a saída é bem cedo, por isso o pacote inclui o pick-up em frente do hotel, o café da manhã na sede da empresa, e o percurso de carro ou jipe até o local de embarque no balão. Logo ao chegar você é surpreendido pela quantidade de balões pelo chão sendo preparados para levantar voo. Apesar de dar um frio na barriga, o voo é lento e não tão alto, o medo logo desaparece.

Foto Roberta C. Leite

Foto Roberta C. Leite

O passeio de balão favorece aos tripulantes tirar as mais belas fotos, como o passeio dura cerca de 1 hora, o mais recomendado, há de menor duração, com preço mais barato, mas até no mais longo, os minutos passam rápido demais, tamanha é a beleza das paisagens.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

As formas são resultados da erosão e de fenômenos vulcânicos, há diferente cores como no Vale Rosa e Vermelho devido a coloração natural das pedras. Ao aterrissar os guias abrem uma garrafa de champanhe e brindam o passeio, além de entregar a cada participante um diploma atestando a presença na aventura.

Paisagem rochosa de Capadócia

Parte das famosas rochas fica na área chamada Parque Nacional de Göreme, entrou para a lista da Unesco em 1985. Há vários pontos de visitação, o melhor é fazer parte de um tour com agência local ou contratar um guia particular.

Vale dos Pássaros

Vale dos Pássaros

Pelas formas estranhas e curiosas muitas rochas recebem nomes, como Vale das chaminés das fadas, As Três Belas, Vale dos Sonhos e Vale dos Pássaros, este em um mirante com arbustos cheios de olhos de Turquia.

Pedra em forma de camelo

Pedra em forma de camelo

Vale dos Pássaros

Vale dos Pássaros

As cidades subterrâneas

Na região há também cidades subterrâneas, são mais de 100, algumas abertas a visitação. Surpreendente ver a engenharia das escavações, com quartos, salas e portas de pedras giratórias, as mais famosas são Derinkuyu, Kaymali e Saratili.

Saratili - cidade subterrânea

Saratili – cidade subterrânea

Não há um consenso sobre a data em que estas cidades foram construídas, acredita-se que no século quinto antes de Cristo, por aparecer em citações no livro Anavasis, do grego Xenofonte (430-355 AC). Não só pessoas, mas animais também eram levados para viver nas cidades subterrâneas e serem protegidos de roubos e ataques de povos inimigos. Por isso é toda interligada por estreitos corredores e pequenas portas.

Não deixe de acrescentar um sabor aos seus dias na Turquia, além das visitas e fotos, prove o chá preto típico da região, dará um gosto especial à sua estadia.

Chá preto típico

Chá preto típico

*Fotos do arquivo pessoal da autora.

Artigos relacionados:

2 Comentários

Aurelio César Stupp

Roberta, eu tenho pavor de altura, mas para ter o privilégio de apreciar maravilhas como essas acho que esqueceria o medo.
Tanto do alto como em terra o visual é inesquecível, as cidades subterrâneas para serem exploradas, enfim, um paraíso.
Abraço!

Comentar
Roberta Clarissa Leite

Olá, obrigada pela visita. O visual é lindo mesmo!
Abraço.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.