Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Dicas sobre bagagens em voos nacionais

As regras de bagagens em voos nacionais são complexas, pois há algumas regras que devem ser cumpridas com rigor. Para ajudar a montar sua mala de acordo com o voo, veja a seguir as principais dicas sobre bagagens em voos nacionais.

Voo nacional

Viagem nacional corresponde ao trecho de origem, conexões e destino dentro do território brasileiro. Caso haja um trecho fora do país, mesmo que seja apenas uma conexão, o procedimento torna-se internacional.

Bagagem de mão nacional

O procedimento para bagagem de mão para voos nacionais é simples, não há muita restrição, a mala apenas não pode conter materiais perigosos, que ofereçam risco aos passageiros. Dessa forma, são proibidos objetos cortantes, pastosos e líquidos inflamáveis. Além disso, o tamanho e o peso da bagagem de mão são os principais critérios analisados para que a mala, bolsa, ou mochila possa embarcar com o passageiro. Por isso, é necessário ficar atento à medida máxima de 115 cm (somatória de altura, largura e comprimento) e o peso máximo de 5 kg. Caso ultrapasse essas medidas, a bagagem deverá ser despachada.

Bagagem despachada nacional

Geralmente, a franquia de bagagem é de 23 kg, somando o peso de todas as malas. Ao ultrapassar o peso máximo, será cobrada uma taxa de excesso de bagagem. Com relação ao tamanho, a medida máxima aceita é de 292 cm (somatória de altura, largura e cumprimento). Caso a mala seja maior, será necessário contratar um serviço de transporte de cargas, uma área específica do transporte aéreo, ou seja, não será despachada da forma tradicional.

Além disso, os objetos da bagagem despachada nacional devem estar bem acondicionados, pois nenhum líquido pode vazar, não é permitido que um objeto exale odor e os objetos frágeis devem estar bem armazenados, pois mesmo sendo despachadas, a responsabilidade de quebra é do passageiro.

Dessa forma, vale sempre o bom senso para não ter problemas no momento do despache de malas. Caso queira levar algo em específico, é recomendável entrar em contato com a empresa aérea, pois cada companhia tem uma regra e lista de produtos que não são permitidos, devido à configuração da aeronave.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Dica: na bagagem de mão, é recomendável levar dinheiro, joias, produtos eletrônicos e objetos de grande valor financeiro. Pois, caso algo que esteja na mala sofra algum dano, a companhia aérea não se responsabilizará pelos pertences que estavam nela. Assim, a empresa irá arcar apenas com o ressarcimento de um estrago na mala, ou o valor dela em caso de extravio. O valor de indenização é ínfimo, cerca de R$100,00 (cem reais) a R$200,00 (duzentos reais). Essa informação consta no contrato de transporte aéreo, aprovado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Por fim, lembre-se de levar algumas peças de roupa na mala de mão, pois no caso de extravio de bagagem, você terá que comprar novas roupas por conta própria até esperar que a bagagem seja encontrada.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.