Visite a moderna Seoul!

 

seoul_airport

Seoul tem sido a capital da Coréia nos últimos 600 anos, desde o tempo da dinastia de Joseon, antes com o nome de Han Yang. Após a libertação do domínio do Japão, em 1945, foi fundada a República da Coréia e a capital passou a se chamar Seoul. A cidade se desenvolveu rapidamente para se transformar numa grande metrópole, com atividades econômicas e culturais.

O Rio Han cruza o coração da cidade e a divide em duas, o setor em que o ponto central é a cultura e a história, enquanto que no outro prevalecem os negócios.

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Seoul hospedou eventos internacionais importantes, como os Jogos Olímpicos em 1988 e a Copa do Mundo Fifa em 2002, o que mostrou ao povo coreano o quanto a cidade é realmente internacional.

Mesmo no inverno Seoul é um bom destino turístico. Apesar da estação ser muito fria, o inverno é seco, enquanto que nos meses de verão as chuvas das monções parecem não ter fim e tudo fica muito úmido. Durante o inverno, o céu e azul e as manhãs bem frescas e o turista pode aproveitar as interessantes atividades ao ar livre, se protegendo do frio com um bom casaco. Vale a pena conhecer o esqui e patinação no gelo, os dois esportes de inverno mais populares de Seoul, praticados em pistas existentes por toda a cidade. A patinação está aberta ao público desde Dezembro até a metade de Fevereiro, todos os anos e o Seoul Plaza é o local mais conveniente, fica no coração da cidade, em frente ao Seoul City Hall.

O Império do Japão anexou oficialmente a península coreana em 1910, o que levou o povo coreano a lutar para ganhar sua independência, apesar das difíceis circunstâncias. A ocupação japonesa durou até o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945. Em seguida os países aliados decidiram dividir a Corea no paralelo 38, criando dois países, a Coréia do Norte, ocupada pelas forças da antiga União Soviética, e a Coréia do Sul, sob a influência dos Estados Unidos. Em 1950 a Coréia do Norte invadiu o país do sul, iniciando a Guerra da Coréia, que devastou a península, mas a vitória foi das forças americanas. A partir da década de 60 a Coréia do sul assistiu a um desenvolvimento econômico extraordinário, com crescimento e avanço tecnológico, transformando-se em uma das economias mais influentes do mundo.

Seoul é tão populosa e competitiva quanto qualquer outra metrópole desenvolvida. Arranha-céus e o ruído das motocicletas, ao lado de luxuosas Mercedes Bens estão em suas avenidas, onde as meninas vestidas segundo a moda mais atual, chamadas de “seouletes” fazem suas compras nas butiques e lojas de departamentos. No comércio local as lojas vendem todo tipo de parafernália digital e eletrônica.

São inúmeras as atrações que esta cidade tem a oferecer ao visitante que ali chega pela primeira vez, portanto, quando você visitar a península da Coréia do Sul, que é quase uma ilha, por ter fronteira fechada com a Coréia do Norte, assegure-se de conferir os melhores pontos turísticos, bem como os lugares menos famosos mas também atraentes.

Vale a pena visitar:

1. O Palácio Gyeongbok

seoul_gyeongbok

O antigo centro de poder coreano é provavelmente o seu mais famoso palácio real. Ele está localizado no no final da principal avenida de Seoul, a Sejongro, onde também estão localizadas a residência presidencial e a embaixada americana. O Palácio Gyeongbok foi construído no final do século XIV e foi destruído e reconstruído muitas vezes. As visitas são permitidas em três horários diários e está fechado às terças feiras. Ali se aprende mais sobre as tradições culturais e costumes da Coréia. É preciso ao menos uma hora para conhecer os pavilhões dentro dos espaços jardins fechados do palácio.

2. A Vila Bukchon

seoul_bukchon

A vila tem o maior grupo em Seoul de casas construídas em madeira, segundo a tradição coreana do hanok. Fica entre dois palácios, o Gyeongbok e o Changdeok. Dê uma olhada na meia dúzia de vielas que foram graciosamente restauradas em sua arquitetura, como pequenos pátios, muros externos decorativos e telhados em tulha escura. A região também tem cafés, galerias de arte e restaurantes, incluindo o Wood & Brick, que serve ravióli de lagosta. A maneira mais fácil de chegar lá é com o metrô linha 3 para a estação Anguk, tomando a saída 3.

3. Shinsegae Department Store

Se você deseja ver as garotas “seouletes” gastarem algumas centenas de dólares em alguns melões e um punhado de laranjas de cultivo local, o lugar para ir é o Shinsegae. Esta é uma das três grandes lojas de departamentos da cidade (as outras duas são o Lotte e o Hyundai). O seu fantástico empório vende de tudo. No andar térreo se serve comida coreana no final do dia, com uma variedade impressionante. Nos andares superiores estão os últimos modelos dos sapatos Ferragamo e as echarpes e gravatas de seda Hermes. Tome o metrô linha 4 para a estação Hoehyun. O Lotte, rival em vendas, fica 10 minutas abaixo na mesma avenida, com uma sofisticada loja de alimentos.

Boa viagem para a moderna e exótica Seoul!

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.