Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

A intensa Bangkok – uma das mais cosmopolitas cidades da Ásia

A capital da Tailândia, com mais de 10 milhões de habitantes, é um dos principais destinos turísticos internacionais. Milhões de visitantes de todo o mundo chegam a Bangkok anualmente. Somente no ano de 2013 esse número chegou a 15 milhões, com um gasto projetado até o final do ano de 14 bilhões de dólares, superado apenas pelo que é registrado em Nova York, Londres e Paris.

bangkok_turismoDesde 2010, Bangkok é escolhida pelos visitantes como a Melhor Cidade do Mundo para viagem. É a porta de entrada da Tailândia e os turistas chineses são ali a maioria. Suas múltiplas atrações atraem diversos grupos, com palácios, templos e museus, de valor histórico e cultural.

As compras e a culinária também oferecem uma experiência única, com um amplo leque de escolhas e preços. A vida noturna da cidade é também famosa por ser dinâmica e conhecida pelo turismo sexual, apesar desta característica não fazer parte da propaganda oficial.

Bangkok é cheia de dinamismo, considerada um fenômeno cultural, um paraíso das compras, um tesouro turístico, cheia de contrastes, vicia seus visitantes em suas atrações.

Os Palácios e Templos

A área metropolitana de Bangkok tem sido a capital da Tailândia desde 1782, quando o governo ali se instalou. Existem muitos palácios na cidade, alguns continuam sendo usados pela família real, enquanto que outros estão abertos ao público. Alguns foram transformados em escritórios do governo ou compus universitários ou ainda museus.

bangkok_atração

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

A residência oficial do rei era o Grand Palace, ocupado pelos monarcas nos últimos 200 anos. Lá se encontra o Buda de Esmeralda, que é considerado o templo mais importante da Tailândia. Atualmente a família real ocupa um edifício mais moderno, o Chitralada Palace.

Das centenas de templos budistas, ou Wats, localizados na cidade apenas alguns são considerados muito interessantes pelos turistas, como é o caso do Wat Arun, com 85 metros de altura. Ele era o prédio mais alto de Bangkok, até que modernos arranha-céus começaram a ser construídos.

O Wat Pho é também conhecido como Templo do Buda Reclinado, ao sul to Templo do Buda de Esmeralda. É o maior templo de Bangkok e contem uma figura reclinada de Buda com 46 metros de comprimento, folheada a ouro. Somente o pé da estátua mede 3 metros e ela é realmente de tirar o fôlego.

O Templo Wat Suthat é um dos mais antigos templos e onde fica o Gigante Swing, que recebe anualmente a cerimônia do Brahman. Um grande arco em balanço fica esticado na frente do templo.

O Templo Wat Saket, ou o Monte Dourado, abriga relíquias do Buda em um edifício de 58 metros de altura, com uma cúpula dourada. O templo servia antigamente de crematório e ali chegaram a ser cremadas 60.000 vítimas de uma peste que assolou a cidade.

Museus

A arte e história da Tailândia, ou antigo Reino de Sião, está nos seus inúmeros museus:

Museu da Galeria Nacional – é a antiga localização das coleções de arte Tailandesa e arte contemporânea de pintores e escultores da Tailândia.

Museu Nacional – é o antigo palácio do sucessor ao trono Wang Na. Construído na mesma época que o Grand Palace.

Museu Suan Pakkad – é o complexo de cinco residências no estilo Thai, onde morava um dos grandes colecionadores de arte do país. Contém uma extensa coleção de arte asiática e antiguidades, incluindo itens da pré-histórica civilização Ban Chiang e uma impressionante coleção de conchas marinhas. Também ali se localizam o Museu do Teatro Tailandês de Máscaras e o Museu de Música Tradicional Tailandesa.

Museu Vimanmek Mansion – a mansão real foi mudada para esse local quando os franceses ameaçaram o palácio do rei no século XIX. A mansão tem 81 quartos, ante-salas e salas, contendo a mobília real do quinto reino. É um local sempre lotado de turistas, principalmente chineses, que ocupam cada centímetro dos recintos. Não é possível entrar de calçados, com as pernas descobertas ou braços descobertos. São alugadas calças e túnicas para as mulheres. É preciso pagar para guardar bolsas, câmeras e celulares em um armário. As filas são grandes para tudo, incluindo o banheiro e os refrescos. Somente são permitidas fotos do exterior dos prédios.

Museu de Sião – focaliza a identidade nacional do povo tailandês, mostrando aos visitantes a sua história, com destaque para o povo de Bangkok.

Parques – Visite os parques públicos da Tailândia, que são muitos e bem cuidados. O Parque da Rainha Sirikit foi construído para comemorar os 60 anos de aniversário da rainha. A grande piscina do parque contém três fontes e uma fina coleção de lótus tailandeses e estrangeiros. O Parque Lumphini é um grande espaço aberto que pertencia ao Rei Rama VI, que transformou a área em área pública como um presente aos moradores de Bangkok.

Compras em Bangkok – as compras em Bangkok não estão limitadas a uma ou duas ruas principais. Existem muitas áreas para compras em toda a cidade, atendendo a todos os gostos, com acesso facilitado. Grandes lojas de departamentos e shoppings estão concentrados na área de Phloen Chit-Ratchaprasong, como o Gaysorn Plaza, o Isetan, o Península Plaza, o Erawan. No Central World Plaza e no Pavilhão Narayana estão as vendas de artesanato de todas as regiões do país.
Na Rua Silom se encontra a principal artéria comercial, o coração de Bangkok para compras, ao lado da Surawong Road. Lá você encontra dezenas de lojas especializadas e butiques, atendendo aos compradores com as melhores marcas e mais conhecidas grifes. Na Rua Patpong há também um famoso mercado noturno. Em Pratunam existe o mercado que é um dos maiores centros de confecções e roupas de Bangkok.

Excelência em Hotéis – Em Bangkok existem inúmeros hotéis de luxo, considerados nota 10 pela revista Travel and Leisure, como o Oriental Hotel, o JW Marriott, o Landmark, o InterContinental Sheraton, e muitos hotéis-boutique, como o Tenface Bangkok, o Davis, o Único Grande Sukhumvit. O famoso bar Vertigo fica no Hotel Sathon. O Sirocco Restaurante fica no topo da Torre State, com 247 metros de altura, no distrito de Bang Rak.

Há também um grande número de hotéis baratos por toda a cidade. Bangkok tem hotéis pequenos para viajantes que procuram estilos diferentes e serviço personalizado. O paraíso dos mochileiros fica no Khao San Road ou no Yaowarat Road. Assim como no ocidente, motéis são comuns em Bangkok, mas o negócio em expansão está nos Bed and Breakfasts, adaptados ao estilo de vida asiático e é possível encontrar muitas opções em Phloen, Watthana e Khlong Toei.

Artigos relacionados:

Um Comentário

Thiago Cesar Busarello

É uma linda cidade, com muita história, cultura e tradição. Parabéns pelo post! Está repleto de dicas bacanas para quem viajar à Bangkok.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.