Argentina, cidade apaixonante

Quem viaja tenta seguir roteiros conhecidos e visitar os lugares top das listas, mas há também quem prefira sair desse ritual e buscar outros caminhos para mergulhar na vida local de uma nova cidade. A blogueira Cris Siqueira nos ajuda com dicas para quem deseja conhecer a Argentina e ver mais do que cenas de cartão-postal.

San Telmo

Argentina, sua linda!

A Argentina serve de inspiração para quem tem ligação com arte, decoração e criação. A arte está em todas as esquinas, a música que toca na rua, as feiras nos fins de semana que servem de convite para compras, a arquitetura da cidade, não tem como se apaixonar. “Acho que a melhor parte dessa viagem foi o fato de não ter feito muitas coisas de turistas e sim viver o dia a dia dos nossos hermanos”, ressalta Cris.

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Mercado de las Pulgas

Uma ótima dica para quem gosta de garimpar objetos, móveis antigos, artigos de decoração. Daqueles lugares que você entra e não tem vontade de sair.

O Mercado tem 150 stands divididos em 5 seções de acordo com os produtos oferecidos. Além ainda de outros standes na rua Enrique Martinez chamada de “Calçadão dos artesanatos”. Um ótimo local para comprar um “regalo” para os amigos. O mercado fica a uma quadra da conhecida avenida Córdoba, no centro de Buenos Aires.

Um passeio até Tigre

Apesar de ser um local bastante visitado por turistas há muito o que ainda descobrir. Tigre fica a 30 minutos de Buenos Aires e guarda a beleza das famosas ilhas e o esplendor da arquitetura que conta a riqueza do passado naquele local.

Além do passeio de barco pelo delta do rio Tigre, em solo firme há restaurantes, lojinhas e feirinhas para manter o turista ocupado por horas.

San Telmo – um quê da Feira do Lavradio

O bairro de San Telmo em Buenos Aires tem uma área bastante preservada com seus casarios coloniais. A Plaza Dorrego ganha destaque pelos antiquários, vale a pena passear pelas ruas empedradas e sentir a atmosfera dos hermanos. É um local cheio de artistas locais e um ar de boemia. “Com um climinha de Feira do Lavradio, barraquinhas para garimpar com muitas peças antigas, mas o precinho é bem salgadinho. Vale a pena para dar um volta, olhar e escutar os músicos que tocam na rua…”, uma comparação da blogueira com a Feira do Rio Antigo, na rua do Lavradio, local histórico do Rio de Janeiro, que também abriga história e arte em um só lugar. Só não se esqueça de fazer seu Seguro Viagem Buenos Aires.

Dicas de Cris Siqueira, do blog www.coxinhanerd.com.br

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.