Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Como escolher o melhor seguro viagem

Ter o melhor seguro viagem vai depender apenas das suas escolhas. Saiba quais são as coberturas disponíveis, limite de despesas e outros itens que precisa conhecer para fazer a escolha certa.

Quando eu vou viajar quer me divertir, me desligar um pouco dos problemas e conhecer pessoas e lugares novos. Por isso, eu sempre e preocupo em escolher o melhor seguro viagem, afinal, eu sei que imprevistos podem acontecer.

Por muito tempo eu viajei sem esse tipo de proteção, só que quando tive uma dor de dente enquanto estava na Argentina tive que desembolsar um dinheirão.

Depois disso decidi que não viajaria mais sem um seguro viagem, pois não estava disposta a gastar todo o meu dinheiro que seria para me divertir com imprevistos com a saúde.

Decidi que era hora de contratar uma proteção para que eu viajasse tranquila para qualquer que fosse o destino e foi aí que surgiram as dúvidas.

Havia tantas opções no mercado que eu não sabia como escolher o melhor seguro viagem. Então comecei a pesquisar e descobri o que devia levar em consideração na hora da escolha.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar
Como escolher o melhor seguro viagem

O melhor seguro viagem: aprenda a escolher

Você pode encontrar diversas dicas para escolher o melhor seguro viagem, muitas delas são específicas de empresas que apenas querem vender o seu produto e não te ajudar de verdade.

Eu selecionei essas dicas com base nas minhas experiências, eu adoro viajar e faço isso várias vezes por ano. E já me dei mal com algumas escolhas que fiz em relação ao seguro viagem, mas nada como a experiência para aprender.

Saiba quanto tempo vai durar a viagem

É importante saber quantos dias pretende ficar fora, isso porque você vai contratar o seguro conforme o período da sua viagem.

Uma vez eu pretendia ficar no México apenas 7 dias, mas quando cheguei lá me encantei pelo lugar e decidi esticar a viagem por mais três dias.

Eu tinha contratado o seguro viagem só para 7 dias e fiquei preocupada em não ter cobertura nesses dias adicionais.

A minha sorte foi que eu tinha escolhido uma boa seguradora, entrei em contato e informei a situação. Eles aumentaram a validade do seu seguro pelo período que eu precisava, o problema foi que acabei pagando mais caro.

Se desde o início tivesse contratado por 10 dias eu teria conseguido economizar um pouco. Por isso, eu digo para pensar bem em quanto tempo vai ficar viajando, se está na dúvida, talvez seja mais vantagem pegar uns dias a mais.

Só que não faça isso se não tiver a pretensão de esticar a viagem, senão será dinheiro jogado fora.

Saiba quais são as coberturas

Já cometi o erro de pegar o seguro mais barato e depois perceber que não tinha todas as coberturas que eu estava esperando.

A Susep não estabelece uma regra de quais são as coberturas obrigatórias do melhor seguro viagem, por isso, as empresas têm liberdade de escolher.

Pense em todas as situações que podem acontecer e que gostaria de estar amparado, normalmente vai precisar de um seguro que tenha cobertura para despesas médicas, odontológicas, farmacêuticas, atraso de voos, bagagem e outros.

Veja se o seguro que está analisando tem todas elas e se alguma que pensou não está contemplada.

A minha dica nesse caso é pegar mais de um seguro e comparar o que cada um oferece, assim conseguirá ter uma noção melhor se o que está escolhendo é o mais completo e se atenderá bem.

Pense no limite das despesas

Não adianta ter um seguro com cobertura médica se essa fica no valor de US$ 5 mil, depende do país que estiver isso não cobre nem um dia de internação e medicamentos.

Não é preciso contratar um valor exagerado para as coberturas, mas um que seja razoável e consiga cobrir as suas despesas caso precise.

Por exemplo, quando vai para a Europa é obrigatório ter um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil Euros.

Mas, a maioria dos destinos não estipula um valor e ficará a seu critério, mas, nessas horas vale a pena seguir as dicas das seguradoras de viagem, elas costumam conhecer bem os destinos.

Não esqueça de levar em consideração as suas necessidades, se possui alguma doença pré-existente as chances de precisar ir para um hospital e ter despesas são maiores, então, tenha um limite maior de cobertura.

Verifique como é a central de atendimento

Se você precisar acionar o seguro enquanto estiver viajando precisa saber como contatar a empresa.

Normalmente esse atendimento é feito por telefone, mas podem haver outros canais, como um chat.

O suporte é essencial para escolher o melhor seguro viagem, afinal, não vai querer ficar desamparado quando precisar.

Veja se a empresa tem atendimento 24 horas, se o idioma é um português (pode ser que você não domine outra língua) e se a ligação é gratuita.

O preparo dos atendentes também fará toda a diferença. Você já estará nervoso demais com algum problema e não vai querer alguém te confundindo em vez de ajudar.

Entenda como funciona o reembolso

O seguro viagem te reembolsa as despesas que estão cobertas, só que para receber o valor não é só falar que precisou usar algum serviço.

Você terá de apresentar nota fiscal e outros documentos quando necessário para comprovar essas despesas.

Veja se o seguro viagem escolhido não coloca tantos empecilhos que fica impossível solicitar o reembolso.

Entenda qual o procedimento para fazer essa solicitação, qual o procedimento e documentos exigidos. Sabendo disso, quando precisar pagar alguma despesa já saberá o que solicitar no local de atendimento.

Outro ponto importante é saber quando você receberá o valor após fazer a solicitação. É muito importante ter um prazo máximo, pois sei que não vai querer aguardar até a próxima viagem. Eu odiaria pagar por um serviço e depois ele não me atender como eu esperava.

Aproveite promoções e descontos

Qualquer economia para mim é válida, pode ser R$ 0,50 eu já vou ficar feliz se conseguir garantir esse dinheiro a mais para gastar na viagem.

O melhor seguro viagem pode oferecer promoções, por exemplo, contrate por 7 dias e pague ou então ofertas descontos conforme a forma de pagamento.

Eu levo em consideração todas essas ofertas, pois alguma pode ser vantajosa, mas é claro que eu não penso só no dinheiro. Eu veja se as coberturas e outros itens irão me atender bem.

Eu aprendi que as promoções acontecem em diferentes períodos do ano, por isso, assim que já estou com a minha viagem programada eu começo a pesquisar, as vezes eu dou sorte de encontrar alguma ante do embarque.

Leia a apólice

Eu não gosto de gente que fica reclamando à toa, se a empresa está errada tudo bem, mas se o problema é você, melhor ficar quieto.

Na apólice está explicado tudo o que você precisa saber sobre o seu seguro, como funciona, o que cobre, como acionar, etc.

Acho muito importante ler todas essas letrinhas que a maioria das pessoas desprezam, pois elas evitam que eu seja pega desprevenida.

Às vezes você pode ter contratado o melhor seguro viagem, mas por não ler a apólice e ficar imaginando que ele funcionaria de alguma outra maneira, acha que fez um mau negócio.

Compare o seguro do cartão de crédito com o de uma seguradora

Eu tenho cartão de crédito e sei que ele oferece um seguro viagem e com a vantagem de não precisar pagar nada por ele.

É ótimo poder viajar sem ter despesas extras só que nem sempre essa é a melhor forma de ter o melhor seguro viagem.

Os cartões de crédito possuem uma cobertura reduzida e apenas para algumas situações e nem sempre ele me atende.

Quando eu viaja para alguns lugares do Brasil e poucos dias, as vezes até acabo optando por ele, pois meu plano de saúde me atende e minha preocupação fica mais por conta das bagagens.

Só que conforme o meu destino ele vai deixar muito a desejar, por isso, acabo contratando um seguro viagem tradicional.

É sempre bom comprar para saber quando vai fazer um bom negócio, se existem diferentes tipos de seguro, então, leve todos em consideração, mas já sabendo que o do cartão de crédito é menos abrangente.

Avalie se vale a pena comprar um pacote

Dependendo da finalidade e destino das suas viagens compensa comprar um pacote de viagens.

Eu já falei que adoro viajar a lazer, mas, também estou sempre na estrada por causa do trabalho.

Minha empresa sempre me reembolsou do seguro viagem, só que eu descobri que poderia economizar nesse serviço se contratasse um plano em vez do serviço avulso.

Optei por fazer um pacote mundo por ano, nesse período eu poderia ir para qualquer um dos países contemplados e pagar bem menos do que se eu tivesse contratado o serviço por viagem.

Nesse caso, o melhor seguro viagem foi o pacote anula, mas existem outras opções por períodos maiores ou menores.

Consulte um corretor

Quando converso com o corretor sempre passo para ele minhas necessidades e tem ele me ajudado muito.

Eu aprende bastante viajando esses anos, mas nada como um profissional da área para ter todos os macetes e estar melhor informado.

Você pode pesquisar sozinho e fazer a contratação por conta própria, mas se conversar com o corretor ele poderá te mostrar alguns detalhes que estavam passando despercebidos.

Espero que eu tenha conseguido te ajudar com todas essas dicas de como escolher o melhor seguro viagem. Quem sabe a gente não se encontra por aí em um dos nossos passeios.

Aproveite para pesquisar sobre o melhor seguro viagem online, você pode achar várias informações de que precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.