Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Espeleoturismo: o que é, como funciona e melhores destinos para praticar

Quer curtir uma viagem de forma diferente? Que tal fazer um espeleoturismo? Conheça aqui tudo sobre essa prática e saiba quais são os melhores destinos para praticá-lo!

Espeleoturismo é uma atividade que faz parte do turismo de aventura, porém, com exploração de cavernas, lapas e grutas. Através dela, os turistas podem explorar cavernas e demais formações de pedras/lages que formam abrigos.

O praticante irá encarar obstáculos naturais, como cachoeiras, rochas e rios subterrâneos, descobrindo um mundo cheio de emoção e peculiaridades. Descubra o que se esconde na escuridão das cavernas através do espeleoturismo!

Espeleoturismo: o que é, como funciona e melhores destinos para praticar

O que preciso saber antes de praticar o espeleoturismo

Para se praticar o espeleoturismo é necessário possui lanternas e capacetes, além do acompanhamento de guias especializados nesse tipo de ambiente. No caso de abismos verticais ou cavernas alagadas, é necessário contar com outras técnicas também.

Empresas especializadas oferecem um curto treinamento para os praticantes antes de iniciar o passeio. Geralmente, nas cavernas brasileiras o percurso dura de 1 hora até um dia inteiro.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Quais são as exigências para se praticar o espeleoturismo

Para a segurança do praticante, existem algumas regras que podem variar de acordo com o tipo de caverna. Entre elas:

  • Usar calçado fechado.
  • Usar roupas que possam ser molhadas e, de preferência, calças.
  • Ter, pelo menos, 6 anos (alguns lugares exigem faixa etária mínima acima dessa idade).

Para cavernas verticais, é preciso conter esses itens:

  • Solteira dupla.
  • Cadeirinha para espeleologia.
  • Descensores.
  • Mosquetões.
  • Longe duplo.
  • Ascensores.
  • Estribo.

Para cavernas horizontais, os itens são:

  • Capacete com lanterna e lanternas.
  • Cinto de segurança para prática de espeleologia.
  • Cantil.
  • Mochilas PVC.
  • Roupas reservas colocados em sacos plásticos.
  • Alimentos energéticos.

Equipamentos de uso coletivo, cavernas horizontais:

  • Cordas de 20 a 30 metros.
  • Cobertor térmico e kit primeiros socorros.
  • Mosquetões.

Equipamentos de uso coletivo, cavernas verticais:

  • Cordas elásticas.
  • Plaquetas para ancoragens artificiais.
  • Anéis de fita para o caso de ancoragens naturais.
  • Mosquetões diversos.

Quais são os principais perigos da prática de espeleoturismo?

Espeleoturismo: o que é, como funciona e melhores destinos para praticar

Os principais perigos da prática de espeleoturismo são:

  • Falha de iluminação, levando a escuridão.
  • Animais peçonhentos.
  • Perda de equipamentos/suprimentos.
  • Cheias repentinas que causam afogamentos e lesões.
  • Se perder do grupo.
  • Entalamento em passagens estreitas.
  • Forte correntezas em trechos de rios.
  • Escorregar, torcer o pé ou ter outros membros feridos.

Como evitar problemas ao praticar o espeleoturismo?

Para evitar problemas ao praticar o espeleoturismo, você deve se atentar as informações acima. Além disso, de acordo com a ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura considere contratar serviços de empresas com o SGS.

Além de contar com o Sistema de Gestão da Segurança, você deve se atentar se ela mantém um certificado dessa atividade. Isso garantirá que a empresa cumpre as normas técnicas relevantes a essa atividade.

Outras dicas incluem:

  • Não se separar, nem por um instante, do grupo.
  • Contratar um seguro viagem turismo de aventura.
  • Realizar atividades dentro do seu limite.
  • Levar mais de uma fonte de iluminação e pilhas extras, acondicionadas.
  • Ficar o mais próximo possível do condutor/guia.
  • Não beba água dentro da caverna, mas sim, a que você levar.
  • Usar roupas adequadas à temperatura da caverna.
  • Se atentar se o condutor segue as normas técnicas da ABNT.
  • Não deixar de usar equipamentos necessários.

Pessoas com mobilidade reduzida podem praticar o espeleoturismo?

Pessoas com mobilidade reduzida podem praticar o espeleoturismo, de acordo com as regras de cada local. É importante saber que nem todos os lugares são abertos a todas as condições pessoais, portanto, verifique antecipadamente sobre essa questão.

No geral, as condições para a prática dessa atividade para pessoas com deficiência são:

  • Paraplégico: não pode ser realizada.
  • Tetraplégico: não pode ser realizada.
  • Auditivo, intelectual e visual: pode ser praticada.

Onde praticar o espeleoturismo?

São muitos os destinos para se praticar o espeleoturismo, no Brasil e no mundo. Entre os destinos nacionais, estão:

  • Gruta do Lago Azul, Mato Grosso do Sul
  • São Domingos, Goiás
  • Chapada Diamantina, Bahia
  • Ilha do Mel, Paraná
  • Ibitipoca, Minas Gerais
  • Eldorado, São Paulo
  • Formosa, Goiás
  • Chapadas dos Guimarães, Mato Grosso
  • Diamantina, Bahia
  • Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro
  • Petar, Parque Estadual Turístico do Alto do Ribeira, São Paulo
  • São Tomé das Letras, Minas Gerais
  • Lagoa Santa, Minas Gerais

Além desses, existem muitos outros destinos incríveis. Você conhece algum para completar essa lista? Aproveite e deixe a sua experiência registrada aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.