Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Conheça Paris – porque é a deslumbrante cidade-luz!

Disse o poeta J. G. de Araujo Jorge que há idade para se conhecer Paris, como há idade, por exemplo, para se beber. Muito jovens não bebemos, apenas nos embriagamos e muito velhos o fígado nos deixa com medo. Assim é Paris, com suas atrações e tesouros culturais, que estão entre os maiores do mundo. A cidade é deslumbrante e tanto que o escritor e poeta Baudelaire escreveu “A tua lembrança brilha em mim como um ostensório”!

Se você está planejando fazer uma visita aos lugares lendários e atrativos da cidade de Paris, ou até voltar a visitá-la, existem belezas que podem ser visitadas até sem nenhum custo. E o clima encantador da cidade está presente em todas as suas atrações.

Imagem: Kat Senkyrova

A Torre Eiffel, por exemplo, é o ícone de Paris que todos conhecem. Situada no centro da cidade, com pouco mais de 300 metros de altura, oferece uma das melhores vistas para a cidade. O local é ideal para um passeio romântico.

O Arco do Triunfo é talvez o mais simbólico de todos os monumentos franceses. É ao mesmo tempo conhecido e profundamente ligado às glórias militares da França. Napoleão ordenou a sua construção em 1809 para celebrar o triunfo de seu exército. O Arco não foi concluído até 1836. É decorado com cenas de batalha e esculpido com os nomes das vitórias de Napoleão.

O Museu do Louvre é sem dúvida um dos melhores do mundo. Lá estão guardadas e muito bem cuidadas milhares de obras clássicas e modernas. O Louvre é a glória da cultura francesa, uma aula de arte. A sua qualidade e importância é provada pela sua popularidade, pois é o mais visitado dos museus do mundo. A obra mais procurada do Louvre é a famosa Monalisa, de Leonardo da Vinci, obra que foi proclamada a mais conhecida, aquela sobre a qual mais se escreveu, a mais cantada e a mais copiada obra de arte do mundo.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

A Catedral de Notre-Dame, representante fiel da arte gótica, não pode deixar de ser vista. Poucos viajantes e turistas que visitam Paris sabem que a famosa Catedral de Notre-Dame está na verdade situada em uma ilha do rio Sena. A Ile de la Cité é o verdadeiro centro de Paris, onde originalmente situavam-se as tribos dos Parisi, habitantes da região. Este local foi possivelmente o do primeiro assentamento humano de Paris, uma pequena vila úmida no meio de um rio, que cresceu para se tornar um dos lugares mais bonitos do mundo. A praça em frente à Catedral contém o marco deixado pelos Romanos no ano 50 DC e este é o verdadeiro centro da França. Mas atualmente o ponto principal de atenção dos turistas é, claro, a Catedral de Notre Dame (Nossa Senhora), dedicada à mãe de Jesus. A construção da Catedral começou em 1160 e foi concluída no prazo de 40 anos.

O Museu de Orsay foi construído como uma estação de trem em 1900. Por volta de 1950 suas plataformas não se adaptavam às necessidades de dos trens e o edifício passou a ser um teatro. O Museu d`Orsay é uma das melhores atrações de Paris. Suas esculturas em mármore são espetaculares e apresentam a arte ocidental do período compreendido entre 1848 e 1914. Lá estão obras de Van Gogh, Monet, Degas, etc. O Museu tem um belíssimo restaurante no piso superior, onde você pode descansar da maratona da visita e conhecer seus pratos refinados.

A segunda ilha do Sena é a Ile St-Louis, e você precisa conhecer uma atração especial que ali está: a Igreja de São Luís, a única da ilha e construída entre 1652 e 1765, com desenhos barrocos do arquiteto François Le Vau, irmão do famoso arquiteto Louis, que desenhou diversas mansões de Paris, bem como o Palácio de Versailles. A Igreja foi dedicada ao Rei Luís IX, que foi canonizado santo em 1297, com o nome de São Luís da França. O interior da Igreja de São Luís foi saqueado durante a Revolução, mas lá estão ainda os seus magníficos vitrais, verdadeiras histórias ilustradas do Antigo e Novo Testamento. Se você estiver com sorte, poderá assistir a um concerto de música clássica, que ali costuma acontecer. O relógio no exterior da Igreja é famoso e bastante pitoresco.

O Museu Nacional da Idade Média, também chamado de Museu Cluny está localizado no 5º. Arrondissement de Paris, próximo ao Boulevard Saint-Germain, entre o Boulevard Saint-Michel e a Rua Saint-Jacques. O Museu Cluny é muito interessante de ser visitado, contendo uma bela coleção de tapeçarias antigas, do século XV, como A Dama e o Unicórnio. Estudantes de história da moda visitam o Museu para observar as tendências do vestuário retratadas em suas tapeçarias antigas.

O Museu abriga também as Termas de Cluny, banhos Romano-gauleses, datados do terceiro século, e que podem ser visitados. As termas estão no edifício chamado de “frigidarium”, ou sala fria. O Museu Cluny abriga também uma notável coleção de artefatos medievais, esculturas medievais, do séculos VII e VIII, objetos em ouro, marfim, móveis antigos, vitrais e manuscritos com iluminuras.

Imagem: Kat Senkyrova

Se você for para Paris, faça um seguro de viagens que garanta que sua viagem vai ser segura e tranquila. Pelo Tratado de Schengen, vigente nos países da União Europeia, os turistas que visitam devem obrigatoriamente possuir um seguro de assistência médica, com valor mínimo de 30.000 euros. A França tem um excelente sistema de saúde para seus moradores e pode atender também seus visitantes. O sistema de saúde é aberto, independentemente de condições pré-existentes. Se você procurar o cuidado médico vai precisar falar francês ou pelo menos inglês. Muitos médicos e farmacêuticos falam inglês e em alguns casos português.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.