Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

A poderosa magia de Valência, na Espanha

Você com certeza já deve conhecer o produto mais famoso e admirado: a “paella” (pronuncia-se paeja) valenciana. Mas a cidade reserva muito mais, em tradição e modernidade.

Conheça Valência

Valência, ao longo dos últimos dez anos, tem ganho prestigio entre os viajantes, com suas atrações, como museus futuristas, butiques, restaurantes e casas noturnas.

A cidade de Valência tem se modernizado desde 2005, quando foi inaugurada a obra do complexo de museus e espetaculares edifícios da Cidade das Artes e Ciências ( Ciutad de les Artes i les Ciències), de autoria de Santiago Calatrava. Está localizada na costa espanhola do mar Mediterrâneo e tem sol o ano inteiro, com uma temperatura agradável, em média de 19º.

A poderosa magia de Valência, na Espanha

Valência é um destino turístico que pode ser visitado o ano todo e agrada a todo tipo de visitante, desde os amantes de sua gastronomia deliciosa, como a paella, conhecida internacionalmente, suas praias, seu rio ou como sede de eventos como o Grande Prêmio da Europa de F1, o Valencia Open Tenis 500 ou a competição de vela America`s Cup.

Planeje sua viajem e conheça tudo o que precisa saber para conhecer a cidade

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Como chegar

Com uma nova ligação através da linha de trens AVE de alta velocidade, hoje se viaja de Madri a Valência em aproximadamente 90 minutos. As passagens de ida e volta custam a partir de 96 euros (renfe.com). Também de Barcelona se pode ir em três horas de trem. Seu aeroporto fica a 8 quilômetros do Centro e tem voos domésticos e alguns internacionais.

Valência é uma província espanhola com idioma próprio, o valenciano, além do espanhol castelhano, que é a língua oficial.

10 motivos para visitar Valência

1 – São 300 dias de sol – que a fazem atraente o ano inteiro

2 – A gastronomia excelente – rica e variada, a gastronomia local é conhecida por privilegiar o arroz, em sua tradicional preparação da paella, que inclui ingredientes locais variados, como camarão, polvo, lula, mexilhão, coelho, frango e linguiças de porco.

3 – Por seu estilo de vida – a população e os turistas, com o sol brilhando o ano todo, seguem a tradição de desfrutar da paisagem, saboreando um petisco, acompanhado de vinho ou cerveja. À noite há muitas opções e festas no centro histórico, perto do mar ou nos pontos de encontro universitários.

4 – Dezenas de praias – Valência tem sete quilômetros de praias, tanto urbanas, quanto selvagens, a que se pode chegar de metrô ou ônibus. A dica é conhecer El Saler, que fica no Parque Natural de la Albufera.

5 – Festas e tradições empolgantes – a vida em Valência é uma celebração constante.

Ruas enfeitadas nas Fallas de Valência

Suas festas, chamadas de Las Fallas, marcam o ano com grandes monumentos que ardem sob o fogo, saudando a Primavera. São grandes as festas na Semana Santa Marinera, na Virgem dos Desamparados, no Corpus Christi Valenciano ou na Feira de julho. 

6 – Grandes eventos esportivos e da moda

Os eventos mais importantes são uma atração, como o Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1, o Valencia Moto GP, o Valencia Open de Tênis 500, Valencia Fashion Week, o Circuito International de Opera e a Campus Party.

6 – Inúmeros parques e jardins

Valência fez do antigo leito do Rio Turia um extenso jardim de 9 km, que atravessa a cidade. Seus espaços verdes oferecem o ambiente ideal para passeios, bicicletas, cafeterias, etc. Há também o Parque Natural de la Albufera, um espaço natural bem preservado e interessante.

7 – Monumentos históricos milenares

Catedral de Valencia
Ali encontramos a mistura cultural e histórica de ocupações visigoda, romana e árabe, além de monumentos medievais. Se destacam a Lonja de la Seda (Patrimônio da Humanidade pela Unesco), as Torres de Serranos, La Almoina e a Catedral.

8 – Hoje é símbolo de vanguarda e modernidade

Cidade das Artes e Ciências, em Valencia
As grandes construções contemporâneas fazem de Valência uma cidade que é referência em arquitetura arrojada, e um símbolo de vanguarda europeu. Visitas obrigatórias são a Cidade das Artes e Ciências, desenhada por Santiago Calatrava, o Palácio de Congressos, projeto de Norman Foster ou o edifício Veles e Vents, do arquiteto David Chipperfield.

9 – Por suas surpresas e cantinhos singulares

Valência é repleta de recantos encantadores, que só mesmo pessoalmente para descobrir e sentir a magia. A visita a seus palácios e praças, como as do Bairro del Carmen, a Praça Redonda, a Igreja de Santa Catalina, vai levar a detalhes fascinantes, como por exemplo, ao edifício mais estreito da Europa, a pia batismal de São Vicente, na Igreja de Santo Estevão, o relógio na Igreja dos Santos Juanes, a porta da Igreja do Patriarca e outras surpresas. 

10 – O visitante tem informações práticas

O turista tem todas as informações disponíveis, com previsão do tempo, para se prevenir antes da viagem, locais de informação na cidade, telefones úteis, tudo disponível no site  http://www.visitvalencia.com/pt

Fique atento aos horários, em Valência o comércio fecha para a “siesta”

Quem viaja à Espanha precisa ficar atento aos horários, para que se organize em suas refeições e suas atividades em geral. O almoço, por exemplo, costuma ser servido mais tarde, entre as 14h e 15:30h, sendo que o jantar também é bem mais tarde do que no Brasil, entre 21h e 22:30h. Quem vai às compras precisa saber que o comércio abre às 10h e fecha às 13:30 ou 14h, para o intervalo da “siesta”, ou descanso, que é prolongado até as 16:30h ou 17h. Depois reabre até as 20h ou 21h. Somente nas grandes lojas de departamentos ou nas redes de supermercados o horário comercial é das 10h às 21h. Aos sábados a maior parte das lojas abre no período da manhã, que vai até as 14h e nos domingos e feriados permanecem fechadas. Os bancos fecham às 14h-14:30h e se precisar de dinheiro você pode usar os caixas eletrônicos. 

O que um roteiro para o visitante precisa incluir 

– Compras no Carmen

O Barrio del Carmen fica na parte mais antiga da cidade, numa região montanhosa, onde estudantes e moradores elegantes percorrem cafés e galerias até suas praças medievais. O Mercado Central é agora um local de festas da alta costura, recebendo desfiles da Prada e Aston Martin. Lojas elegantes estão atrás da antiga bolsa mercantil de seda (Lonja de la Seda), datada do século XV, oferecem roupas e acessórios de estilistas espanhóis, franceses e suíços, bem como grifes internacionais

– Valência antiga

Em Valência se bebe a orchata, uma bebida feita com o suco de chufas, um tubérculo com gosto de nozes. O hábito vem do período islâmico da cidade, entre os séculos VIII e XIII. No Carmen, você pode provar a orchata na Horchatería El Siglo.

 – Baladas em Carmen

No Carmen, a noite é movimentada na Plaza del Tossal. Os moradores frequentam o Bar lós Picapiedra, onde estudantes e boêmios e consomem grande quantidade de cidra e ouvem rock alternativo espanhol.

Cidade das Artes e Ciências

Cidade das Artes e das Ciências

Um programa legal para se fazer de bicicleta. As fachadas curvas e ondulantes dos edifícios são inspiradas em formas da natureza, que se refletem em um espelho d’água. Ali próximo está o complexo marinho L’Oceanogràfico, onde se pode percorrer túneis subterrâneos enquanto tubarões nadam acima.

Para um dia de visita você vai gastar 24,50 euros e se quiser comprar um ingresso de três dias, o preço é 32,40 euros.

– Não perca as tapas e comida árabe

Um restaurante de tapas recomendado e frequentado por homens de negócios é o Maipi. Os pratos variam da alcachofra fresca com morcilla (chouriço), em tapas de massa fina. Também a boa opção é a do bacalhau grelhado com limão e muito azeite de oliva. A decoração é kitsch de interior com referências ao futebol.

Para quem aprecia a comida árabe, o Balansiya, no Paseo de las Facultades, inova a experiência árabe na culinária medieval de Valência. A decoração é no estilo árabe da Andaluzia, com cardápios para o jantar a preço fixo, incluindo tabule, tajine, cuscuz e outras menos conhecidas. O jantar fica em torno de 20 a 30 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.