Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Seguro-viagem: você conhece as novas regras?


A partir do final de março novas regras passaram a valer para o seguro-viagem. As mudanças vieram para beneficiar o viajante brasileiro, mas podem ter impacto nos preços. 

O Conselho Nacional de Seguros Privados, CNPS, determinou como obrigatória a cobertura de tratamentos médicos e hospitalares no exterior. Também os tratamentos odontológicos passam a ser obrigatórios. A medida inclui doenças crônicas e preexistentes.

O seguro-viagem era vendido, na maioria dos casos, como assistência de viagem, em operadoras de cartão de crédito, agências de viagem e companhias aéreas. Agora ele deverá ser adquirido diretamente em seguradoras. Somente com a parceria com uma seguradora, outras empresas podem continuar a vender o seguro-viagem.

Seguro-viagem: você conhece as novas regras?

A nova mudança deve trazer mais segurança para os clientes, já que a assistência de viagem apenas cobria obrigatoriamente a invalidez por acidente ou casos de morte. Nos novos planos, continuam garantidas a transferência para hospital ou clínica, o transporte para casa, se o segurado não puder voltar em voos regulares e o traslado do corpo, em caso de morte, para seu local de origem.

O consumidor conta ainda com os serviços opcionais, no caso de perda de bagagem, que dá direito à indenização, auxílio para funeral, possibilidade de cancelamento da viagem e cobertura quando da necessidade de antecipação do regresso.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

A partir das novas regras, o consumidor poderá escolher os médicos e hospitais de sua preferência, ao contratar o serviço, ainda no Brasil. A seguradora também pode indicar a seus clientes uma rede de atendimento autorizada. Caso use o seguro durante a viagem, poderá efetuar o pagamento dos serviços prestados no exterior e será reembolsado pela seguradora ao voltar ao Brasil. O valor a ser reembolsado é limitado pelo valor da cobertura que foi contratado.

O seguro-viagem é o socorro no exterior

Com a ampliação dos serviços existe a possibilidade de aumento no preço dos seguros, mas nem todas as companhias seguradoras reajustaram seus preços, depois da nova regulamentação. Em geral o custo equivale a 2% do valor da viagem e varia conforme o tipo de cobertura. Em geral, para viagens internacionais, o valor fica entre R$ 9 e R$ 25 por dia, segundo a Corretora San Martin.

O seguro-viagem é o socorro no exterior

Se você contratar um “tour” no exterior não estará livre do risco de um acidente nas rodovias ou estradas precárias de acesso a algumas atrações turísticas. Isso é mais frequente do que se pensa. Nesse caso, o seguro-viagem providenciará o atendimento médico e hospitalar que for necessário.

O seguro-viagem é o socorro no exterior

Há casos em que turistas sofrem de mal estar durante o voo, na sua ida ao exterior, e precisam de assistência médica ou hospitalar na chegada ao destino. O seguro-saúde providenciará para que o atendimento seja feito e a viagem não seja prejudicada.

Agora o consumidor está protegido, porque estará comprando um seguro completo e não apenas uma assistência de viagem. O funcionamento garantindo o atendimento será fiscalizado por lei.

O segurado não vai mais passar por surpresas, como adoecer e não saber a que médico recorrer ou que hospital pode prestar atendimento, ou descobrir, durante a viagem, que não tem direito ao reembolso das despesas médicas, por exemplo. Nesse momento, o viajante precisa de socorro e não pode ficar na mão em um momento de grande insegurança, longe de casa e da família.

Sempre que for comprar um seguro-viagem, o consumidor vai ter todas as informações necessárias, para que escolha o produto ideal para o seu caso. Para a União Europeia, a cobertura mínima continua sendo de 30 mil Euros, segundo as regras do Acordo de Schengen. Além da obrigatória, há opções para coberturas de extravio ou furto de bagagens, cancelamentos e atrasos de voos. Quanto às viagens domésticas, não houve alteração nas condições anteriores.

A regulamentação foi feita através da resolução 315 da Susep – Superintendência de Seguros Privados, de 26 de setembro de 2015, aprovada pelo Conselho Nacional de Seguros Privados, CNSP.

A garantia de indenização beneficia os usuários principalmente em caso de acidentes pessoais, trazendo mais segurança para quem viaja. A mudança visa atender à reivindicação dos próprios consumidores que exigiram melhoras no seguro-viagem, depois que vários turistas tiveram despesas extraordinárias e altas com despesas médicas e hospitalares no exterior.

A cobertura de despesas médicas e hospitalares no exterior agora vai ficar mais seguro, com a normatização pela Suzep. A compra do seguro-viagem também passa a ser feita por empresas do setor de seguros ou seus representantes, com garantias de reembolso e atendimento.

Escolha a melhor cobertura para o seguro viagem

Escolha a melhor cobertura para o seguro viagem

Existem vários tipos de cobertura oferecidos pelos seguros de viagem, variando sua abrangência. Você precisa pesquisar para encontrar aquele que melhor vai atender as suas necessidades.

As coberturas de seguro viagem devem ser adequadas para o local visitado e o tempo de viagem. Se você estiver planejando uma próxima viagem leve em conta o risco que pode existir, analisando as suas condições físicas e a situação do local que você vai visitar. A maioria das seguradoras dificilmente aceita cobrir viagens para destinos que estão em guerra, onde há muitos conflitos. Também há restrições quando o roteiro é de aventura, com a prática de esportes radicais, como escaladas e montanhismo. Talvez nesses casos seja possível contratar um seguro, mas saiba que será com um preço bem mais caro do que o padrão para viagens com roteiros mais tradicionais.

É possível consultar as corretoras que vendem o seguro viagem na internet. É a maneira mais fácil e prática de pesquisar para descobrir o plano mais adequado. O importante é pesquisar, escolher e fazer o seguro de viagem com calma e bastante antecedência, sem deixar para última hora. Assim você fará uma boa escolha e evitará situações complicadas enquanto estiver viajando.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.