Viena mantém seu posto de cidade melhor do mundo para se viver

Viena mantém seu posto de cidade melhor do mundo para se viver 

A segurança para morar e o preço dos imóveis e aluguéis são os principais requisitos para a avaliação.

Viena mantém seu posto de cidade melhor do mundo para se viver

Divulgado em fevereiro de 2016 o ranking das melhores cidades do mundo para se viver da consultoria Mercer, através de seu porta voz Slagin Parakatil, que liderou os trabalhos de pesquisa.

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

A lista é elaborada anualmente tendo como principais clientes as empresas internacionais que enviam seus funcionários para trabalhar no exterior. Essas companhias necessitam avaliar o quanto precisam pagar seus empregados para compensar dificuldades que eventualmente enfrentem em cidades longe de seus países de origem. Enquanto que Viena está no topo do ranking, na outra ponta da lista, está Bagdá, capital do Iraque, a pior cidade do mundo para se viver.

Viena é seguida por Zurique, na Suiça, em segundo lugar e em terceiro está Auckland, na Nova Zelândia. Em quarto lugar está Munique, na Alemanha e em quinto Vancouver, no Canadá.

Critérios para a escolha das melhores cidades para se viver

A lista das cidades com melhores condições de vida é estabelecida através da avaliação que leva em conta dez critérios diferentes. Esses critérios incluem segurança, doenças, atendimento médico, educação, moradia, qualidade do ar, transporte e lazer, a que são atribuídos pesos diferentes.

As belezas e atrações de Viena, para seus moradores e visitantes

A característica de Viena é ser uma fusão entre a tradição de seu passado imperial e a criatividade moderna. Sua população é de 1.600.000 habitantes. A cidade é famosa mundialmente por sua grande diversidade cultural, suas atrações turísticas e o típico ambiente vienense, em seus cafés.

Viena começou a ser construída com os acampamentos militares romanos, no século I da nossa história. A arquitetura da cidade tem o predomínio marcante do estilo barroco, do período da imperatriz Maria Tereza e do imperador Francisco José.

O Palácio de Verão do imperador, o Palácio Schönbrunn, é famoso pela sua suntuosidade e seus jardins. No local, está a Casa das Palmeiras, a Palmenhaus, o jardim zoológico e uma bela praça. O imperador, da casa dos Habsburgos, despachava no Palácio de Hofburg, que é aberto à visitação, onde se pode apreciar os detalhes fascinantes da vida imperial. Outro destaque é o Palácio de Balverde, onde hoje funciona a Galeria da Áustria, em estilo barroco, com uma grande coleção da arte de Klimt, Kokoschka e Schiele.

Além dessas atrações, outros pontos de visitação obrigatória são a Catedral de Santo Estevão, no centro histórico, o tradicional parque de diversões no Wiener Prater, onde está a Roda Gigante, a Escola Espanhola de Equitação.

As belezas e atrações de Viena, para seus moradores e visitantes

Viena, cidade da música clássica

Viena é conhecida por ser o berço da música clássica e onde viveram e criaram suas obras os compositores Straus, Mozart, Beethoven e Hayden. A Orquestra Filarmônica de Viena é uma das melhores do mundo. Da mesma maneira, está entre as melhores do mundo a Ópera do Estado, Staatsoper.

O Coral dos Meninos Cantores de Viena, que se apresentam na Capela Imperial, é um dos programas culturais mais procurados da cidade. A apresentação é muito procurada e as filas de espera chegam até a dois meses, na alta temporada. Os meninos, cujas vozes são comparadas às de anjos, se apresentam na missa das 9:15 da manhã, com a participação do Coral de Homens da Ópera de Viena e também de membros da Orquestra Filarmônica de Viena.

As vantagens de morar em Viena

Esta foi a sétima vez que Viena está em primeiro lugar entre as melhores cidades para se viver, acima de outras capitais europeias, como Paris e Londres. A segurança tem sido um fator muito importante para a avaliação. E o outro item que a destaca é a acessibilidade a uma boa moradia.

A administração de Viena investe na construção de moradias subsidiadas, o que faz com que o custo de um apartamento de qualidade e bem localizado seja mais acessível do que em Londres, por exemplo. Enquanto que em Viena um apartamento de um ou dois quartos custa 800 euros de aluguel, em Londres esse é o valor para alugar um quarto em um apartamento compartilhado. Apesar dos salários serem um pouco menores, ainda assim vale a pena para quem pode escolher.

Um outro fator importante é a qualidade e o preço barato do transporte público, que combina metrô, trem urbano e ônibus. É possível chegar a qualquer parte da cidade com essa rede de transporte integrado. Um passe mensal custa 32 euros, ou R$ 139.

Como nada é perfeito, há algumas desvantagens na cidade, especialmente para os imigrantes. Ultimamente vem crescendo a antipatia a eles, instigada pelo partido de extrema direita, o Partido da Liberdade da Áustria. A rejeição aos imigrantes faz com que eles se concentrem nos bairros afastados, onde existem até mesmo aqueles que pedem esmolas nas ruas. Outra inconveniência é que na Áustria ainda se fuma dentro dos cafés e bares da cidade. O país tem o maior número de fumantes por habitante da Europa.

Poluição e insegurança pesam negativamente

O agravamento da poluição em Londres fez com que a cidade perdesse pontos em relação a outras cidades. Santiago do Chile também enfrenta um problema grave de poluição. É também devido à poluição que as grandes cidades chinesas não conseguem melhorar a qualidade do ar e a qualidade de vida.

A insegurança afetou a posição que Paris ocupava no ranking das melhores cidades. Depois dos atentados de novembro de 2015, a cidade perdeu dez posições em sua colocação.

Nova York, em 44º lugar na lista, entre as cidades americanas, aparece em pior colocação que São Francisco, em 28º. lugar, em razão da insegurança e índices de criminalidade. O mesmo acontece com relação ao Rio de Janeiro e São Paulo, onde a insegurança faz com que as duas cidades percam muito em qualidade de vida. Buenos Aires perdeu pontos devido à instabilidade política e manifestações que ocorreram no ano anterior.

Melhores cidades na América Latina

Entre as cidades lationoamericanas, Montevidéu, capital do Uruguai, ocupa a melhor colocação, em 78º. lugar no ranking internacional. Em segundo lugar na América Latina está Santiago do Chile, na posição 93 no cômputo mundial e Buenos Aires, capital da Argentina, no 94º. lugar.

Melhores cidades no Brasil

As cidades brasileiras não têm uma boa colocação na avaliação internacional. As melhores cidades para se viver, no entanto, são Brasília, na colocação 106º., Rio de janeiro, no 118º. lugar e São Paulo em 121º.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.