Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Visite a Suíça dos lagos, montanhas nevadas e queijos deliciosos


Suíça é o pequeno país europeu, conhecido pelos seus queijos, chocolates e relógios, além dos lagos ao pé das montanhas nevadas. Sem dúvida, é um dos lugares mais bonitos do mundo, com belezas naturais e tradições culturais que convivem harmoniosamente.

www.amazonasemais.com.br

www.amazonasemais.com.br

Trens confortáveis podem atravessar a Suíça em apenas duas horas e levam para todas as cidades, atravessando campos com lindas casas de madeira. Na Suíça encontramos o país dos sonhos, onde tudo é organizado, limpo e bem cuidado. Não é por caso que é o país classificado em terceiro lugar entre os que possuem os mais altos IDH – Índice de Desenvolvimento Humano do Mundo, atrás apenas da Noruega e Austrália.

A cultura alemã e o idioma alemão são predominantes, ao lado do francês e do italiano. Os cantões da Suíça são 26 e correspondem a estados, sendo Berna a capital. A população é de aproximadamente 7,8 milhões. Zurique e Genebra são centros econômicos globais importantes e as duas cidades com a melhor qualidade de vida do mundo. A Suíça é um país rico e desenvolvido, que conserva suas áreas naturais como montanhas e lagos preservados, em um modelo de desenvolvimento perfeito.

www.amazonasemais.com.br

www.amazonasemais.com.br

A Suíça é a sede de instituições diplomáticas e assistenciais, como a Cruz Vermelha e não adotou o euro como moeda.

As referências à Suíça costumam geralmente passar pela existência das contas bancárias sigilosas, relógios de precisão, canivetes com mil e uma utilidades. O turista pode contar com atrações poderosas, como o charme do frio dos Alpes, com o aconchego dos hotéis com lareira, o gostoso chocolate quente e o incrível fondue, feito com os fabulosos queijos suíços. Também no verão a Suíça é interessante, porque enquanto nas cidades os turistas e moradores nadam nos rios de águas limpas, os picos de neve eterna mantém as temperaturas abaixo de zero. De trem você pode sair da cidade com roupa de verão, levando seu agasalho, luvas e cachecol para quando desembarcar na montanha.

A temporada de esqui

Depois do final do verão europeu, a partir de novembro, a temperatura cai e começa a temporada de esqui. Até fevereiro, os que gostam dos esportes de inverno procuram as altas montanhas suíças para aproveitar a neve das estações de esqui, onde também encontram o calor das hospedarias de inverno.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Para quem vai à Suíça no verão, o período bom para viajar é de março a junho e para os que querem aproveitar o clima mais frio, o melhor período é de setembro a dezembro. Nesses períodos o número de turistas é menor e a viagem se torna mais proveitosa. As maravilhosas paisagens de montanha, com lindos lagos de altitude, formam a atração principal da Suíça e as estações de esqui costumam ficar lotadas no inverno.

Para conhecer a Suíça sem gastar muito

O turista que vai à Suíça deve saber que esse não é um destino dos mais econômicos. Mas há algumas dicas para quem não pode ou não deseja gastar muito:

  • Viaje de trem – os deslocamentos de trem são mais econômicos. As passagens aéreas costumam ser bem mais caras. Reservando a passagem de trem com antecedência é possível conseguir tarifas mais baratas.
  • Teleférico é divertido, mas é caro – procure outra forma de apreciar o passeio, porque o preço do teleférico costuma ser alto.
  • Aproveite para esquiar mas faça outros passeios – não deixe de esquiar ou praticar snowboard, pois esse é um dos melhores locais para o esporte de inverno, mas cuidado, porque os preços cobrados pelas pistas de esqui são bem altos. Procure outras atrações, como visitas a museus, use o transporte público e faça refeições econômicas.

O transporte aéreo

Cinco voos semanais ligam São Paulo a Zurique, sem escalas, pela Swiss Airlines. Os aeroportos são integrados aos trens, então planeje sua viagem com antecedência. O bilhete na classe econômica custa aproximadamente US$ 1300, o da classe executiva US$ 3800 e na primeira classe, US$ 7.000.

A interligação com a rede ferroviária faz com que suas malas cheguem à estação de trem de seu destino final. É possível aterrissar em Zurique ou Genebra e encontrar as malas em Lausanne ou Berna. Para informações adicionais, o Centro Oficial de Turismo Suíço (Switzerland Tourism) fica na Avenida Paulista 1754, 40 andar, em São Paulo, 11/3372 8210.

Os melhores chocolates e o queijo Gruyère

Gruyère é uma aldeia medieval com castelos e o queijo famoso, no cantão de Friburgo. É um local de visita obrigatória, onde se experimenta o fondue e a raclette, pratos típicos do país. Fica no alto de uma colina, com apenas 2 mil habitantes. O castelo é o segundo mais visitado do país.

www.amazonasemais.com.br

www.amazonasemais.com.br

O fondue é feito com queijo gruyère derretido e é acompanhado de pedaços de pão. A raclette é feita com um queijo gruyère inteiro, derretido em uma base rotatória aquecida, até ficar cremoso, quando recebe vinho e temperos. É acompanhado por pedaços de pão. As frutas de bosque são a sobremesa para essa refeição deliciosa!

Artigos relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.