Dicas de viagem para diabéticos

Pensando em viajar, mas com receio por ter diabetes? Saiba que com algumas dicas de viagem para diabéticos este passeio pode ser maravilhoso e livre de imprevistos.

Quem é diabético por vezes tem medo de viajar ou fazer passeios mais longos porque pode ter picos de glicose que te façam passar mal. Porém, com o devido planejamento você pode viajar tanto de carro como de avião. Veja só algumas dicas de viagem para diabéticos interessantes para cada caso.Dicas de viagem para diabéticos

Dicas de viagem para diabéticos que vão viajar de carro

Se você vai dirigir, a primeira coisa que deve fazer é seu teste de glicemia para saber como anda sua taxa de glicose. Estando tudo certo, pode colocar o pé na estrada, mas lembre-se de algumas outras dicas de viagem para diabéticos:

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar
  • Não se esqueça de levar o aparelho para medir sua glicose, bem como estoque de tiras reagentes e todos os itens que precisar para manter sua medição de glicose em dia. Nada de levar somente o suficiente para os dias de viagem programados. Considere a possibilidade de alongar um pouco mais a viagem ou que tenha algum imprevisto, então mais nunca é demais em casos de saúde.
  • Faça o teste de 3 a 4 horas para verificar seu índice glicêmico, pois a viagem pode ser cansativa e alterar o açúcar no sangue.
  • Nada de sair com bolsa vazia. Lembre-se de levar bolachas, barras de cereal e qualquer lanchinho para comer nos horários certos.

Dicas para diabéticos que vão viajar de avião

Dicas de viagem para diabéticos

A primeira dica aqui também é fazer seu teste glicêmico, como faz usualmente, pois isso mostra se está ou não preparado para uma boa viagem. Depois, siga estas dicas:

  • Converse com seu médico sobre a viagem que fará e veja possíveis cuidados que precisará com mudanças de fuso horário.
  • Carregue um relatório médico tanto em português como inglês explicando sua saúde. Inclua também medicamentos e insumos que precisa para controlar o diabetes. Isso pode ser necessário em diversas partes da viagem.
  • Jamais se esqueça da receita com todos os medicamentos que usa, tanto em português como inglês. Afinal, não dá para prever se você terá que comprar algo em situação de emergência.
  • Carregue o aparelho para medir sua glicose. Leve também lanches e todos os itens que precisa para medição na bolsa de mão para ficar sempre por perto.
  • Beba bastante líquido – sem açúcar, lógico – durante o voo, para manter sua situação normal.
  • Prefira um lugar perto do corredor para que possa esticar as pernas. Aproveite para dar uma voltinha de vez em quando para não ficar muito tempo sentado.

Com estas dicas fica bem mais simples viajar, mesmo se você tiver diabetes. Porém, independente de onde vá e quanto tempo fique, não deixe de consultar seu médico e pegar todas as orientações. Elas são importantes porque de acordo com o caso, pode ser que tenha que redobrar os cuidados.

Além das dicas de viagem para diabéticos, específicas, não deixe de contratar o seguro de viagem. Ele é essencial para o caso de precisar de atendimento médico. Sem contar nas outras coberturas que essa proteção oferece, desde seu embarque até o desembarque.

Ou seja, mesmo que você tenha um plano de saúde para diabéticos, ainda assim o seguro viagem oferece outras proteções. Entre elas, perda ou extravio de bagagem, atraso ou cancelamento de voo e muito mais.

Quer saber quais são e para que servem as coberturas do seguro viagem? Confira aqui!

O importante é se divertir mesmo tendo diabetes, sem se descuidar de sua saúde e podendo aproveitar todos os momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.