Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Para o turista é importante saber a diferença entre Assistência e Seguro Viagem

O Seguro Viagem e a Assistência Viagem podem ser contratados separadamente ou até no mesmo contrato, mas são duas ações diferentes.

O Seguro Viagem é acionado para reembolso depois que o passageiro arca com as despesas necessárias caso ocorram imprevistos durante a viagem. O pagamento ou ressarcimento é realizado no regresso ao país de origem.

A Assistência Viagem funciona de maneira diferente, atendendo ao turista com serviços e benefícios do plano contratado sempre que acontecer alguma situação de emergência do decorrer de uma viagem ou um período contratado. O cliente não precisa desembolsar nada além do que pagou ao seguro.

Com a aproximação das férias de verão no Brasil, muitos aproveitam para viajar. Para que a viagem seja realizada sem preocupações de eventuais problemas é bom saber a diferença entre Seguro Viagem e Assistência à Viagem. Sempre se deve ter em conta que a Assistência à Viagem é mais completa em seus serviços, porque deve contar com uma rede conveniada em que se incluem clínicas, hospitais, informações e até medicamentos.

É possível que algumas seguradoras ou instituições vendam um Seguro Viagem como se fosse uma Assistência à Viagem. As informações devem estar no contrato que é assinado pelo cliente, que deve saber de antemão quais são os seus direitos.

Os preços variam de acordo com a cobertura mais ou menos completa que o turista deseja. Alguns itens, como indenização por perda ou roubo de bagagem, extravio de documentos, traslado por motivo de falecimento, etc, podem constar dos dois tipos de contrato. É importante saber o que não será coberto pelo Seguro ou Assistência à Viagem que se está comprando.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

As viagens à Europa exigem que o viajante tenha um seguro viagem com cobertura de no mínimo 30 mil euros. Parece muito, mas dependendo do evento, como acidentes, por exemplo, essa quantia pode ser insuficiente para cobrir as despesas. Alguns países exigem seguros com valor bem menor, valendo o interesse do turista em se proteger.

Se você está viajando por meio de um pacote turístico, geralmente o Seguro Viagem não está incluído no preço do pacote e precisa ser contratado separadamente, na agência de turismo ou em outra instituição, como uma corretora de seguros ou um banco. Os cartões de crédito muitas vezes incluem um Seguro Viagem quando se utiliza o cartão para compra da passagem aérea. Mas esse fato deve ser informado ao cliente.

O Seguro Viagem

Dependendo do destino e do tempo de viagem pode ser interessante ao turista contratar um Seguro Viagem. Principalmente se já possuir um plano de saúde com cobertura internacional, que lhe dê uma garantia mais ampla.

O Seguro Viagem cobre os danos por extravio de bagagem. As malas dos passageiros são de responsabilidade da empresa transportadora desde ou check-in, no aeroporto ou despacho na rodoviária, que deverá indenizar o consumidor por qualquer dano. O Seguro Viagem dá uma vantagem a mais ao passageiro, porque as indenizações prestadas pelas companhias de viagem geralmente ficam abaixo do valor real do dano, sendo pagas até um determinado limite. Dependendo do conteúdo das malas você vai desejar receber um valor real pelo prejuízo e é aí que o Seguro Viagem pode ajudar.

Sempre consulte informações sobre o país que vai visitar antes de viajar, pois pode ser exigida documentação extra, além de situações em que há risco, como conflitos sociais e fenômenos climáticos e de ordem natural que podem afetar a sua viagem.

De acordo com seu orçamento, o Seguro Viagem pode ser uma boa alternativa para prevenir imprevistos durante a viagem. De acordo com a duração da viagem e o tipo de cobertura, podem ser incluídas despesas médicas, odontológicas, hospitalares, diárias por problemas com seu voo, roubo de bagagem, danos a malas, etc., dentro de um limite de indenização.

Esportes radicais e passeios arriscados, como voos de balão, helicópteros, parapentes, asas delta, trilhas na floresta, etc., devem ser declarados e previstos no Seguro Viagem, para que haja cobertura específica. Eventuais antecipações da volta da viagem podem alterar a cobertura do que foi contratado anteriormente, caso ocorram problemas no trajeto de volta.

Para adquirir um seguro viagem

Antes de mais nada, é importante fazer uma cotação dos preços do Seguro, que variam de acordo com o destino, o objetivo do viajante e o meio de transporte. O seguro pode ser adquirido em uma seguradora ou nas agências de viagem, que já possuem Seguros para oferecer a seus clientes, através de convênio com as seguradoras.

Se for necessário para o cliente, este deve procurar uma seguradora que possua uma central de atendimento na língua portuguesa no local de destino, para que uma melhor comunicação em caso de imprevisto. Se já houver um seguro de vida preexistente, é importante verificar com a seguradora se a cobertura se estende no caso de viagem.

Ampla cobertura na Assistência à Viagem

A cobertura de uma Assistência à Viagem pode ser mais completa do que o Seguro Viagem, com um pagamento também maior.

Há seguros do tipo Assistência à Viagem que cobrem valores em até US$100.000, incluindo:

  • Assistência Médica e Hospitalar
  • Fisioterapia
  • Assistência Odontológica por acidente e por doença
  • Despesas Farmacêuticas
  • Remoção médica e repatriação médica
  • Prorrogação de Estadia
  • Hospedagem de Acompanhante
  • Cancelamento de viagem e interrupção de viagem
  • Atraso de Voo
  • Seguro de bagagem (50/Kg), atraso de bagagem e danos às malas
  • Assistência jurídica e despesas legais, inclusive fianças
  • Responsabilidade Civil
  • Carteira protegida
  • Seguro residencial no período da Viagem
  • Morte acidental ou invalidez por acidente; repatriação funerária

Cobertura no seu plano de saúde

Atenção, porque antes de contratar Assistência à Viagem ou Seguro Viagem para uma viagem dentro do Brasil ou ao exterior, você deve verificar se o seu plano de saúde cobre eventualidades nos locais de destino. Muitas vezes é possível ampliar a cobertura do plano de saúde, por um preço razoável e passar a ter direito a atendimento em caso de deslocamento a trabalho ou como turista.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.