Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

México: grandes atrações históricas e belas praias do Caribe

O México é um dos mais procurados destinos turísticos do mundo, com mais de 20 milhões de visitantes estrangeiros por ano. Famoso por suas ruínas Astecas, Maias, suas bebidas, como tequila e cerveja, além da beleza de suas praias, tanto as do Pacífico como as voltadas para o Mar do Caribe, o México oferece sempre atrações para todos os turistas. Algumas atrações do México:

1.Teotihuacan e o mistério das pirâmides

Teotihuacan é famosa por suas pirâmides, que correspondem historicamente às pirâmides do Egito. Essa era uma metrópole, que chegou a ter 150.000 habitantes. O auge dessa civilização que floresceu no vale do México, ocorreu no século II a.C.

teotihuacan_foto

A Pirâmide do Sol é um dos monumentos mais impressionantes do mundo, com 34 metros de altura é a maior do México e foi construída 100 anos antes da era cristã. A seu lado a Pirâmide da Lua, de menor tamanho começou a ser construída no século seguinte. Sete séculos depois da decadência do Império de Teotihuacán as pirâmides continuaram a ser visitadas pelos Astecas como um local de peregrinação religiosa. Ao centro, com várias outras pirâmides de cada lado, está a Avenida dos Mortos, a principal rua da cidade, que se estende por quase 3 km. Suas construções monumentais foram construídas para resistirem por milhares de anos.

Os monumentos ficam a apenas 50 km da capital do México e lá se chega facilmente de táxi ou ônibus.

2. Palenque – a arquitetura maia escondida na selva

Palenque é um sítio arqueológico localizado no oeste do que era o Império Maia e que hoje constitui o estado de Chiapas, no México. Palenque é bem menor do que outras cidades maias, mas abriga algumas das mais refinadas esculturas e construções arquitetônicas que os maias produziram. Muitas estruturas em Palenque datam de aproximadamente 600 a 800 d.C., como o Templo das Inscrições, uma pirâmide construída para ser um monumento funerário, único em toda a Mesoamerica.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

palenque_foto

Palenque foi sede de uma das dinastias mais notáveis dos maias. Suas inscrições, também chamadas glifos, foram uma das primeiras manifestações escritas da América pré-colombiana. Aproximadamente no ano de 900 d.C. Palenque foi abandonada por seus habitantes e invadida pela selva, perdendo-se toda referência sobre sua existência, somente sendo redescoberta no século dezoito.

3.Riviera Maia – natureza preservada e os mistérios de uma cultura milenar

A região da Riviera Maia oferece muitas grandes atrações, com sua flora, fauna, trilhas na floresta, sítios arqueológicos, praias isoladas, mar cor turquesa com águas cristalinas, a fantasia e o calor dos trópicos. Estas são algumas das qualidades que a tornam um destino preferencial no Caribe.

A Riviera Maia é conhecida por ter um clima ideal. Com características tropicais e sempre um céu ensolarado, a região vive um eterno verão, com dias agradavelmente quentes e uma fresca brisa marinha.
A estação mais quente do ano acontece entre março e setembro. Entretanto, esta também é a alta estação de férias no México. Se você deseja evitar altas temperaturas escolha os meses entre outubro e fevereiro para sua viagem à Riviera Maia, quando a temperatura é amena e as praias não estão muito lotadas.

Algumas dicas para quem viaja pela Riviera Maia:

– beba muita água para evitar desidratação, use protetor solar sempre e use roupas leves.
– Leve um agasalho leve para a noite, principalmente no inverno; use um boné ou chapéu para proteção no sol.
– Para visitar locais na floresta é necessário usar calças compridas, camisas de manga comprida e repelente para insetos.

Há muito bons restaurantes na Riviera Maia, para todos os orçamentos, desde a cozinha regional até pratos internacionais. Pequenos restaurantes rústicos podem surpreender agradavelmente. A cozinha mexicana tem sabores intensos, que oferecem novidades para qualquer paladar. A mistura de ingredientes, molhos, tortilhas, parece ser melhor no México do que em qualquer outro lugar, graças ao toque especial que os locais sabem dar à sua comida.

3.1 – Cozumel – mergulhe para ver essa maravilha

Cozumel é uma ilha no Mar do Caribe, em frente à costa da Península de Yucatán mexicana, na direção da Praia Del Carmen. Cozumel é um destino turístico procurado para mergulho, com cilindros e também snorkel. O mundo submarino em torno de Cozumel foi descoberto por Jacques Cousteau em 1959, que afirmou que esse é uma das melhores áreas do mundo para mergulho. Desde então Cozumel se tornou um Parque Nacional Marinho, para a proteção do delicado equilíbrio de seus lindos bancos de corais e incrível variedade de peixes tropicais.

3.2. Tulum e suas praias de águas cristalinas

tulum_foto

 

Tulum fica na costa leste da Península de Yucatán. Antigamente servia como porto para a cidade maia de Coba. Tulum foi construída por volta de 1200 d.C., quanto a civilização maia já estava em declínio e portanto não apresenta a mesma elegância de outros sítios famosos.

Suas praias, no entanto, são um cenário que a tornam uma atração fantástica, que não pode deixar de ser visitada. As acomodações podem variar de uma simples cabana a resorts 4 estrelas.

 

 

3.3 – Chichen Itza2

Chichen Itza é a maior das cidades maias na Península de Yucatan e uma das mais visitadas atrações turísticas do México. O principal ponto de visitação de Chichen Itza é o templo-pirâmide do El Castillo, O projeto arquitetônico do templo tem um significado astronômico especial. Cada face da pirâmide possui uma escadaria com 91 degraus, que somados aos degraus do topo somam 365, o número de dias do ano. Outras atrações de Chichen Itza incluem o Grande Templo para o Jogo de Bola e El Caracol, templo que servia como observatório astronômico.

chichenitza_foto

O jogo de bola maia era um esporte e um ritual, que começou a ser praticado aproximadamente em 1400 a. C. As regras do jogo não são completamente conhecidas, mas a tradição conta que os jogadores tocavam a bola com os quadris. Esta era feita de borracha e pesava ao menos 4 quilos. O melhor jogador em campo era oferecido em sacrifício, para que fosse conviver com os deuses.

Artigos relacionados:

Um Comentário

Marcel

Bom dia,
Nossa, muito legal. Espero ir ao México o quanto antes!

Abraço.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.