Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

Vai viajar nas férias? 30 dicas para segurança da casa e do pet

A sonhada viagem de férias chegou? Já começou a fazer as malas? É importante agora prestar atenção na segurança da casa e no bem estar dos bichinhos, para viajar tranquilo e na volta das férias não ter sustos, nem surpresas desagradáveis.

Vai viajar nas férias? Dicas para a segurança da casa e do seu pet

Como diz o dito popular, “casa vazia atrai ladrões”, não é mesmo? Sim, as casas que ficam vazias durante as férias costumam se tornar muito atraentes para ladrões.

Você já deve saber que é preciso tomar algumas providências antes de viajar. Mas, hoje em dia, aquelas medidas que se tomava antigamente podem não ser suficientes para proteger sua casa. Novas precauções estão sendo recomendadas por especialistas de seguradoras, para evitar roubos.

Além da casa, hoje em dia a maioria dos lares brasileiros tem um pet. Cachorros, gatos, pássaros, iguanas, coelhos, quando chega a hora de viajar os bichinhos precisam de cuidados e companhia, são como da família, certo?

Então vamos organizar todos os preparativos, para que as férias sejam tranquilas.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Aqui vão algumas dicas:

Cuidados com a segurança da casa

  1. Uma das primeiras providências que você deve tomar é pedir a um vizinho ou amigo para recolher correspondências ou jornais que possam ficar acumulados na frente da sua casa ou no jardim. Se morar em um edifício, sua tarefa será mais fácil, é só pedir para o porteiro ou síndico para guardar o que chegar pelo correio. Assim sua casa não dará sinais que está desocupada.
Cuidados com a segurança da casa

Não deixe as luzes acesas. Esqueça o conselho que já ouviu sobre deixar luzes acesas na sua casa durante todo o período de férias. O efeito pode ser o contrário do que imagina. Quem vê as luzes acesas, durante o dia e à noite, chega à conclusão rapidamente de que a casa está vazia. A ausência de moradores é um convite para uma visita indesejada.

  1. Deixe a chave com um amigo ou vizinho, alguém em quem você confie, para que vá fazer uma inspeção na casa, se não todos os dias pelo menos duas vezes por semana. Isto para verificar se está tudo em ordem.
Cuidados com a segurança da casa
  1. Tranque as portas internas dos quartos, para dificultar o acesso, caso alguém consiga forçar a porta da frente. Se morar em uma casa, coloque tranca interna nas janelas.
  1. Avise os porteiros ou seguranças do seu prédio sobre sua viagem. Não autorize nenhuma visita durante sua ausência. No caso de uma emergência no edifício ou sistema de alarme na casa e ele for acionado, deixe um telefone de alguém que possa atender e tomar as providências necessárias.
Cuidados com a segurança da casa
  1. Retire das tomadas os equipamentos eletrônicos. Um eventual acidente com sobretensão elétrica pode afetar os aparelhos desligados, mas plugados na energia. A sobretensão pode ser provocada por raios, que se propagam pela rede de distribuição de energia, atingindo as residências. Os cabos de telefone, do modem de internet e roteadores, também devem ser desconectados.

Além da prevenção de acidentes, desplugar os aparelhos eletroeletrônicos, como rádio-relógio, micro-ondas, etc., pode representar economia de energia elétrica, porque mesmo desligados estão consumindo energia. Se for ficar mais de 30 dias fora, vale a pena desligar a geladeira. Se apenas a geladeira ficar ligada, o consumo mensal vai cair bastante, principalmente se ela ficar ligada na intensidade mínima.

  1. Se quiser deixar uma lâmpada acesa, instale um temporizador, que pode ser programado para acender e apagar uma lâmpada na hora desejada. Assim, é possível economizar energia e não dá sinais externos de que a casa está vazia. Uma lâmpada de apenas 40W consome 28,8 kWh por mês.
  1. Não comente sobre sua viagem com estranhos
  1. Se tiver um jardim, peça para alguém vir colocar água nas suas plantas. Ao mesmo tempo a pessoa vai fazer uma checagem para verificar se está tudo em ordem.
  1. Se tiver um cofre com valores em casa é preferível que os transfira para um cofre bancário.
  1. Qualquer pessoa que for ficar com as chaves da sua casa deve ser de absoluta confiança. Não deixe chaves embaixo do tapete da entrada ou em vasos próximos à porta. Também não deixe na fechadura por dentro. Os profissionais do roubo sabem encontrar as chaves facilmente, além de dominarem as técnicas de derrubar uma chave e puxá-la por baixo da porta.
  1. A campainha pode ser desligada. Se ela não toca, qualquer suspeito vai ficar na dúvida se é apenas um defeito da campainha ou se a casa está vazia.
  1. Colocar um cadeado do lado externo do portão é demonstração de que os moradores não estão em casa.
  1. Se sua casa tiver alarme, avise os vizinhos sobre a existência do equipamento.

Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets

Você tem duas alternativas durante as férias, dependendo do seu destino e do seu animalzinho, poderá levá-lo junto com você ou deixá-lo em casa ou num hotel para pets.

Se for viajar de carro

  1. O transporte no carro vai variar conforme o tamanho do animal. Os de médio e grande porte podem ser transportados sentados ou deitados no banco, presos com cintos de segurança especiais, de acordo com o tamanho, que custam entre R$30 e R$50.
Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets
  1. Para os cachorros de pequeno porte há as cadeirinhas, à venda nas lojas especializadas para pets. Podem ser ajustadas para que o animal alcance a janela, mas fique seguro. Custam de R$130 a R$250.
Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets

3.  O Código de Trânsito Brasileiro proíbe que os animais sejam transportados no colo. Também é proibido transportar cães ou outros animais em caçambas de camionetes.

4.  A forma mais adequada é transportar o cão em caixas de transporte, de tamanho adequado. Essa é também a forma mais segura para prevenir que ele se machuque em um acidente. Uma freagem mais brusca pode arremessar o animal para fora. As caixas ocupam o lugar de um passageiro, no banco de trás do carro.
Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets

  1. Cães de grande porte podem ser transportados no porta malas dos veículos modelo Hatch. Mas cuidado para não deixar que a caixa fique exposta ao sol e sem ventilação. As caixas custam entre R$450 a R$1.000.
  1. Há também no mercado cintos de segurança específicos para cães.
Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets
  1. Já os gatos precisam ser transportados nas caixas específicas, porque podem saltar pelas janelas ou escalar o motorista. Os preços variam de R$100 a R$350. 8. Para gatos, que são mais ariscos e se movimentam mais, também é recomendado o uso de caixas de transporte, presas com cinto de segurança. Os preços variam de R$ 100 a R$ 350.
Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets

9. Em viagens de avião, as caixas são obrigatoriamente rígidas, pelas normas das companhias aéreas. As caixas de material flexível podem ser usadas para viagens mais curtas. Nunca coloque seu gato em caixas onde ele não tenha espaço para sentar. Outra opção é usar a cadeirinha para pets com cinto de segurança.

Cuidados com seu animal de estimação – a vez dos pets
  1. É importante que a cada duas horas você pare que o animal “estique as pernas”, em lugar seguro, sempre preso em uma coleira e guia. Ele poderá fazer as necessidades, tomar água e se alimentar. Isso vale para cães e gatos, apesar de que gatos costumam ficar estressados em viagens e só comem depois que se acalmam, quando chegam ao destino e se ambientam no lugar.
  2. Se você for se hospedar em um hotel, verifique com antecedência se aceitam a presença de pets. Muitos hotéis já tem uma política amigável para hóspedes com animais de estimação.12. Antes de sair de casa, coloque uma coleira em seu pet, com identificação e telefones de contato.13. Em viagens internacionais é preciso ter o Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), que deve estar de acordo com as exigências sanitárias do país que se pretende visitar.
  1. Deixar o gatinho em casa pode ser bem menos estressante para ele. Nesse caso você precisa contratar alguém que o visite para os cuidados com alimentação e higiene. Dê preferência para alguém que ele já conheça, como um amigo ou pessoa da família. Caso não consiga, há profissionais hoje em dia, que fazem esse serviço, os “cat sitter”. Os mais bem preparados também saber administrar um remédio e levar ao veterinário que você frequenta, em caso de emergência. A diária costuma sair entre R$30 a R$60, dependendo do bairro. Peça informações antes de contratar, porque vai precisar entregar a chave, nesse caso para um desconhecido.
Gato sozinho em casa
  1. Deixe brinquedos para que seu gato brinque e se distraia. Alguns veterinários recomendam que se coloque algumas gotinhas de floral anti-stress na água do gato. Outra recomendação que costuma ser feita é deixar um rádio ligado em volume baixo, porque ouvir vozes suaves costuma acalmar muito os gatos.
Pets sozinho em casa - hotéis
  1. Por último, existem hotéis para cães e também gatos, em algumas das grandes cidades brasileiras. É preciso que, com alguma antecedência, se visite pessoalmente o local e se verifique as instalações, o grau de segurança e a qualidade dos serviços prestados. Essa opção costuma ser mais cara do que contratar uma pessoa para cuidar do pet em casa. No caso de cães, que se socializam facilmente com outros cães, essa é uma alternativa mais divertida para eles, que detestam ficar sozinhos. Já a maioria dos gatos enfrenta a solidão com mais facilidade, além de amarem seus ambientes domésticos.

2 Comentários

Fabianne

Olá,

Os alarmes e sistemas de segurança sempre são importantes, principalmente na viagem.

Att.

Comentar
Sanaira Silveira

Boa tarde Fabianne,

Obrigada por comentar no Seguroviagem,
Caso você tenha interesse em fazer uma cotação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link https://goo.gl/JYXy6g para que um corretor parceiro entre em contato com você.

Atenciosamente.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.