Cote
aqui o seu
Seguro Viagem!

Cote aqui o seu Seguro Viagem!

Cote em 30 segundos e compare as melhores opções:

Vamos para onde?

Solicitar

8 erros financeiros para você evitar na viagem

O orçamento da viagem vai além de gastos com passagem, hospedagem e alimentação. Saiba quais são os 8 erros financeiros mais comuns e como evitá-los.

Quando nos programamos para viajar, pensamos nos custos mais comuns, como hospedagem, passagem aérea, alimentação, ingressos para as atrações locais e até com o aluguel de carros. Porém, é fato que os gastos vai além, já que é preciso incluir os valores que vamos gastar desde o momento que saímos de casa até voltarmos.

Isso inclui o táxi até o aeroporto, o café ou água comprada enquanto aguarda o voo, valores com compras, gastos com ligações, taxas bancárias, entre muitos outros. Para você evitar uma surpresa desagradável ao colocar na ponta do lápis todos os seus gastos, confira 8 erros financeiros para você evitar na viagem.

8 erros financeiros para você evitar na viagem

8 erros financeiros mais comuns e como evitá-los

Por menor que seja, um gasto desnecessário pode sim afetar o seu orçamento de viagem. Para te ajudar, separei os erros financeiros mais comuns em viagens. Veja quais são e evite-os.

  1. Não fazer um planejamento para chegar ao hotel ao sair do aeroporto

Fazer um planejamento sobre como vai chegar ao seu hotel após o desembarque é fundamental. Isso porque muitos viajantes que optam por alugar um carro, só vão atrás dessa alternativa no outro dia, quando já estão no destino. Como você não sabe qual a distância entre o hotel e o aeroporto, poderá se assustar com o valor cobrado pelo taxista, mas se pesquisar antes de embarcar, poderá encontrar soluções mais baratas, como pegar um ônibus ou trem.

#PARTIU FÉRIAS? NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar
  1. Não avisar o banco sobre a viagem

Se você vai viajar para o exterior, é fundamental entrar em contato com o seu banco. Esse é um erro muito comum entre os viajantes que se esquecem de avisar o seu gerente sobre a viagem e, devido ao um sistema inteligente que os bancos estão adotando, eles podem detectar fraudes no uso do seu cartão se você estiver fazendo muitas compras e gastando um valor diferente do que costuma fazer. Não corra o risco de ficar bloqueado no país estrangeiro.

  1. Subestimar a conta do celular

Aprenda a não desperdiçar dinheiro em sua viagem seguindo essas dicas!

Você sabe dizer quanto custa enviar mensagens de textos, verificar o seu e-mail e as redes sociais por dia, no exterior? Mesmo que você adquira um plano de roaming internacional, eles podem esgotar rapidamente, já que só de publicar uma foto nas redes sociais você vai usar em torno de 100 megabytes. Então, basta uma postagem para acabar os seus créditos. O que fazer? Opte por comprar um cartão SIM internacional ou então, compre um cartão SIM no destino visitado.

  1. Se esquecer de pesquisar a taxa de câmbio local

Pesquisar a taxa de câmbio local antes de embarcar faz muita diferença. Verifique, em média, quanto custa a moeda em que país visitado e que estiver em seu roteiro de viagem. Lembre-se de que trocar a moeda dentro do aeroporto, nem sempre é a melhor opção, mas para encontrar uma boa casa de câmbio, vale procurar ainda em sua cidade natal.

  1. Não contratar um seguro de viagem

Saiba de 5 erros para não cometer ao contratar o seguro viagem.

Não contratar um seguro viagem é um dos 8 erros financeiros mais comuns entre os viajantes e que compromete o orçamento todo da viagem, na maioria dos casos. Isso porque uma simples consulta no exterior pode custar mais de US 200,00. Além disso, o seguro viagem protege o viajante contra muitos imprevistos, como contas do hospital, atraso ou cancelamento de voo, desastres naturais, problemas jurídicos, entre outros.

  1. Não se atentar as regras de gorjeta

As regras de gorjeta variam muito de país para país e se você não se atentar como funciona no destino escolhido, poderá ter gastos desnecessários. Nos Estados Unidos, por exemplo, vigorou uma nova lei de salários aos trabalhadores de restaurantes, onde alguns não cobram a famosa taxa de garçom, como é feito aqui no Brasil.

  1. Usar Wi-Fi gratuito

Embora não seja comum acontecer em hotéis, por exemplo, não é 100% seguro usar Wi-Fi grátis. Isso porque você não sabe se tem algum hacker observando quando você acessa a sua conta bancária e utiliza senhas. É importante saber que um hacker pode ser qualquer hóspede, nem sempre um funcionário do hotel.

  1. Levar cheques na viagem

Dificilmente você vai encontrar algum lugar que aceita cheque e esse é também um investimento mais alto em relação ao cartão de crédito, este concede taxa melhor de câmbio.

É importante saber que os erros financeiros estão entre os problemas mais comuns de viagem, conforme o Idec aponta. Mas se você seguir as minhas dicas, poderá ter uma viagem mais econômica, investindo no que realmente te faz feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.