Manual da imigração

Conheça dicas para passar pela imigração nos aeroportos com um manual da imigração.

Manual da imigração

Fonte: dicasnovayork.com.br

Você já está com a sua viagem toda programada, passagens compradas, reservas de hotel feitas, contratou o seguro viagem, mas está com medo de não passar na imigração nos aeroportos? Conheça dicas do manual da imigração para saber se adequar à circunstância que você se encontra e também como agir se você for barrado dentro dos seus direitos.

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Não seja barrado nos aeroportos

Mesmo que você esteja viajando a lazer existem riscos de ser barrado na imigração nos aeroportos. Para te ajudar selecionamos algumas dicas que você pode seguir para escapar de ser barrado no aeroporto, pois para passar tranquilamente pela imigração, você tem que estar atento a alguns cuidados.

Existem países que fazem parte da União Europeia que não fazem exigência de visto para turista para um período com duração de até 90 dias, mas mesmo assim há regras para que eles possam entrar, como passagens aéreas de ida e volta comprada, passaporte válido por, no mínimo, 6 meses, seguro viagem, entre outros. Fora que tem países que exigem a comprovação de uma reserva mínima de dinheiro para que o turista possa se manter.

É interessante que o turista possua documentos que o vinculem ao Brasil e também o objetivo da viagem, como uma carta da empresa em que trabalha para demonstrar o período de férias, cartões de crédito, imposto de renda, entre outros.

Evite problemas atentando-se a alguns requisitos dos aeroportos

Conheça algumas dicas para passar tranquilamente pela imigração:

  1. Roupas

A roupa que você estará usando chama muito a atenção dos agentes de imigração, portanto, o indicado é conhecer um pouco da cultura do país em relação a como os moradores se vestem. Não use roupas desleixadas, mas também não vá de social e isso porque ambas as situações podem chamar a atenção dos agentes de imigração.

  1. Responda tranquilamente às perguntas formuladas pelos agentes

Se você foi abordado pelo agente da imigração, saiba que ele vai checar toda a sua documentação e também fazer algumas perguntas. Nessa hora é fundamental que você responda cada uma de forma clara e objetiva, sempre se mantendo cortês. Essa entrevista é realizada no idioma local, então se você tiver dificuldade em entender, peça ajuda de um intérprete. Jamais minta na entrevista, pois isso poderá lhe gerar sérios problemas.

  1. Documentos importantes

Além de possuir passagens aéreas de ida e volta, é importante que você tenha um seguro viagem e outros documentos que comprovem que você vai voltar ao país de origem.

  1. Fui deportado, e agora?

Caso você não seja admitido no país que está visitando, você terá sérios problemas financeiros, já que a empresa ou agência de viagem não tem obrigação de lhe reembolsar. Para diminuir os prejuízos, ligue imediatamente para o hotel e cancele a sua reserva.

Mas, além disso, você precisa saber sobre os seus direitos, como fazer uma ligação para a sua casa, contar com o auxílio de um assistente social e de um advogado, entre outros. Sem contar que o seu passaporte não será marcado, já que você nem entrou no país, porém o sistema de imigração vai registrar o ocorrido.

Outro ponto importante é que cada país age diferente em relação a imigração e se você já foi barrado antes e quer tentar entrar no país novamente, se informe na embaixada brasileira sobre os documentos necessários para comprovar que você está fazendo apenas uma viagem a turismo.

Vale a pena saber

É importante que você saiba que:

  • Em voos com conexão, você terá que se certificar sobre a documentação exigida nos países em que for partir de outro voo. Do contrário você poderá ficar preso numa sala até a hora do embarque ou então, nem sequer poderá desembarcar no aeroporto, perdendo assim o seu voo e sem direito a reembolso.
  • Existem países que fazem a exigência de algumas vacinas, portanto, verifique sempre com o seu médico antes de viajar;
  • Enquanto estiver na fila da imigração, desligue o seu celular e não o utilize durante a entrevista;
  • Siga sozinho até ao balcão do atendimento, com exceção em casos em que for compartilhar documentos, como seguro, passagens, voucher do hotel, entre outros, além de filhos pequenos;
  • Não faça muito barulho enquanto aguarda o atendimento pela imigração;
  • Saiba que enquanto aguarda a autorização da imigração estrangeira, você tem direito a beber água, se alimentar, ir ao banheiro e a telefonar;
  • Você não pode ficar por mais de 48 horas detido no aeroporto, além de que os seus documentos devem ser devolvidos assim que for liberado ou no embarque para o Brasil;
  • Você tem todo o direito de saber quais os motivos por ter sido barrado de entrar no país e a ligar para um representante do Consulado do Brasil.

– Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.