10 dicas para viajar com pouco dinheiro

Quem disse que para viajar e conhecer belos lugares você precisa gastar muito? Conheças as minhas dicas para viajar com pouco dinheiro e curtir bastante.

Para viajar com pouco dinheiro e aproveitar mais a sua viagem, no Brasil ou no exterior, você não precisa dormir em quartos coletivos ou comer pão com ovo frito todos os dias. Nenhuma cidade ou país é caro se você souber usar bem o seu dinheiro e aqui nesse artigo você vai conhecer dicas super úteis de como usar melhor o seu dinheiro e viajar mais barato do que você programou. Confira!

10 dicas para viajar com pouco dinheiro

Como viajar com pouco dinheiro e curtir o passeio

Não importa se você vai conhecer novos lugares no Brasil ou no exterior, é possível viajar com pouco dinheiro e sabe como? Deixa que eu te mostro com essas super dicas!

COTE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 OPERADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar
  1. Pague trabalhando

Você sabia que existem lugares que são adeptos dessa prática? Ou seja, você trabalha algumas horas por dia e ganha a hospedagem e, dependendo da quantidade da sua jornada diária, até as refeições. Por exemplo, se você trabalhar 3 horas por dia pode ganhar a hospedagem e o café da manhã, mas se dispor a trabalhar 6 horas diárias, as chances são maiores de ganhar a hospedagem individual e refeições completas. Um site adepto dessa prática é o HelpX, que oferece vários lugares no mundo com esse tipo de troca.

  1. Troca-troca de casa

Para quem vai viajar para o exterior pode usufruir mais opções do que aqui no Brasil. Basta que você cadastre a sua casa em sites como o “Troca Casa” e buscar alguém que troque de casa com você. Por exemplo, você quer ir a Veneza, então precisa trocar a sua casa com a de algum morador de lá, enquanto ficarem nos destinos. Basta escolher o destino e esperar que alguém de lá queira trocar com você.

  1. Milhas aéreas

Você já deve ter ouvido sobre acumular milhas aéreas, principalmente se costuma viajar de avião, não é mesmo? Mas para ter esse benefício, você precisa optar sempre em viajar com a mesma companhia aérea. Caso isso não seja possível, que tal trocar os pontos do seu cartão de crédito pelas milhagens? Vale muito a pena e a sua economia será enorme.

  1. Voluntário

Que tal viajar com pouco dinheiro, aproveitar o destino e ainda fazer o bem a outros? Ser um voluntariado no destino de viagem escolhido é a sua grande oportunidade para economizar. São muitas as causas sociais espalhadas pelo mundo, procure uma!

  1. Couchsurfing

Que tal “surfar pelo sofá”? É exatamente essa a ideia e essa é uma opção para quem quer conhecer o Brasil ou outros lugares do mundo. Existe até mesmo uma organização online para você se cadastrar (a Couchsurfing) e buscar pela acomodação Couchsurfing no destino que você quer conhecer. Quem sabe você não dá sorte e consegue uma cama bem gostosa em um quarto com banheiro!

  1. Pesquisar com antecedência é a melhor economia

Decidiu viajar? Então busque em vários sites ou blogs informações sobre o destino escolhido, como pontos turísticos, onde comer, se hospedar, entre outras. Vale muito participar de fóruns e conversar com pessoas que já visitaram o lugar que você pretende conhecer. Aproveite e peça dicas de como economizar por lá, assim você pode montar um roteiro incrível, mesmo se for viajar com pouco dinheiro.

Não sabe para onde ir nas férias? Eu te ajudo a escolher um destino mais econômico:)

  1. Livre-se do excesso

De nada adianta você economizar com diversos itens da viagem e gastar com taxas de excesso de bagagem. Ao sair de casa, faça a seguinte pergunta: “Estou levando tudo o que preciso ou tudo o que posso precisar?”. Outra coisa, não leve nada duplicado, pois vale mais comprar alguns itens à medida que for precisando (e se precisar, realmente) do que levar tudo o que imagina precisar.

Na hora das compras, se pergunte: “Para que vou usar?” ou “Quantas vezes precisei de algo assim?”. Se a sua resposta for quase nada ou zero, então não compre e livre-se do peso extra. Essa dica funciona, inclusive, para produtos leves, afinal, se não somasse peso algum, não teria “xx gramas”, não é verdade?

  1. Prato do dia

São muitos os restaurantes que dispõe do famoso “prato do dia”, com um preço mais em conta. A maioria oferece a entrada e o prato principal e alguns até a bebida e a sobremesa. Aproveitando que estou falando sobre a alimentação, fuja do eixo turístico, ou seja, dos restaurantes situados nos principais pontos turísticos, pois são bem mais caros.

  1. Atrações turísticas de graça

Até as principais cidades do mundo oferecem inúmeros passeios de graça, como Paris, na França. Lá você pode conhecer diversos locais, como o Museu do Louvre, que é aberto ao público gratuitamente sempre no primeiro domingo do mês. Se quiser conhecer outros, visite a nossa seção “Destinos”, no site SeguroViagem.org.

  1. Compre o seu café da manhã

Aqui no Brasil você terá diversos hotéis que oferecem café da manhã gratuitamente, porém lá fora essa não é uma prática comum e pode custar muito caro no valor da sua diária. A dica para economizar é comprar o seu desjejum no supermercado. Vale investir em biscoitos, sucos e pães.

Dicas básicas, mas que funcionam

Que tal viajar quase de graça e conhecer o Brasil? Aproveite as minhas dicas, ;)

Além das 10 dicas apresentadas acima, que tal anotar mais essas que, embora você já deva ter ouvido, funcionam de verdade:

  • Hospedar-se em hostel: é uma opção bem em conta e você pode fazer muitas amizades, independentemente do país visitado, já que a maioria oferece esse tipo de hospedagem.
  • Compare preços da passagem: são muitos os sites e aplicativos que te ajudam nessa hora e você pode aproveitar para ver as minhas dicas para economizar nas passagens aéreas, ;)
  • Contrate o seguro viagem: você sabe da importância em contratar um seguro viagem? Só ele pode proteger você e o seu bolso, garantindo uma viagem mais segura e tranquila, sem ter que gastar horrores com uma simples consulta médica, se precisar, ou ter uma enorme dor de cabeça com a mala extraviada ou a perda do voo.
  • Opte pela baixa temporada: viajar na baixa temporada não significa deixar de visitar os pontos turísticos. É claro que em alguns destinos, os pontos mais visitados são abertos em determinadas época, mas isso não é regra. Vale a pena pesquisar antes. Sem contar que você pode economizar mais!
  • Liste os pontos turísticos mais interessantes: nada de querer conhecer todos os pontos turísticos só porque estão no seu guia. O ideal é fazer uma lista e visitar os que mais lhe interessam e com calma.
  • Prefira destinos baratos: você sabia que muitos destinos caros são bem parecidos com o que temos por aqui? Com exceção do valor das compras e as opções, é claro. Por que não aproveitar que você vai viajar com pouco dinheiro e curtir um destino mais barato, porém com muito mais opções de lazer? Por exemplo, se você escolher Bali, pode pagar menos de R$ 10,00 diários por pessoa hospedada em um chalé com Wi-Fi e piscina. Fora que muitos ficam a alguns metros de praias incríveis. Atente-se ao valor das passagens para esses destinos, aproveitando a minha dica acima, :)

Aproveite e veja como contratar o seguro viagem online!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.