Dicionário de seguro viagem: entenda os termos!

Ao contratar o seguro de viagem, é muito importante ler e entender a apólice do seguro. Confira aqui o que significa os principais termos, com o nosso dicionário de seguro viagem!

Que o seguro viagem é um item essencial em qualquer viagem, isso já está mais do que claro. Mas, ao contratar o seguro, muitas dúvidas surgem ao analisar a descrição das coberturas.

A saber, a maioria dessas dúvidas estão relacionadas a termos comuns das coberturas de seguro viagem. Portando, não entendê-las, podem fazer com que o cliente contrate um plano que não atenda suas necessidades.

SIMULE SEU SEGURO VIAGEM COM 10 SEGURADORAS

Qual é o seu destino de viagem?

Solicitar

Assim sendo, é essencial contar com a ajuda de um corretor de seguros para receber a orientação necessária. Mas, para te ajudar, separamos os principais termos em um dicionário de seguro viagem.

Confira quais são e seus significados para que você contrate seu seguro com segurança na próxima viagem!

Dicionário de seguro viagem: entenda os termos!

Imagem de Engin Akyurt por Pixabay

Seguro viagem: dicionário dos principais termos usados

1. Acompanhamento de familiar

Este item dá a cobertura do acompanhamento de um familiar. Portanto, garante as passagens de ida e volta de um familiar ao destino de viagem do segurado, caso este precise ser hospitalizado por mais de 48 horas e esteja sozinho no destino.

2. Apólice

É o documento contratual que consta os direitos e deveres, tanto da seguradora quanto do segurado, referente àquele serviço de seguro viagem.

Saiba tudo sobre apólice do seguro viagem aqui!

3. Assistência Farmacêutica e Jurídica 

A saber, a assistência funciona com o reembolso do valor explícito na apólice do seguro viagem. No caso de farmacêutica englobam despesas com medicamentos prescritos por médico no atendimento, ou de tratamento após alta hospitalar. 

Assim, a assistência jurídica oferece o reembolso de despesas causadas por trâmites jurídicos em casos de acidentes de trânsito, incluindo as despesas de honorários advocatícios.

Saiba como contratar a melhor assistência viagem internacional!

4. Bagagem extraviada

A cobertura garante ao segurado uma indenização no caso da mala ser extraviada durante um voo, com valor fixado em apólice. Mas, o valor pode ser de caráter suplementar ou complementar.

  • Suplementar: pagando o valor máximo que está contratado na apólice do seguro.
  • Complementar: quando complementa o valor pago pela companhia aérea, até totalizar o valor máximo descrito na apólice.

Saiba o que fazer em caso de bagagem extraviada!

5. Cobertura odontológica

O valor que o seguro viagem cobre ou reembolsa em caso de tratamentos odontológicos decorrentes de enfermidades ou acidentes pessoais no período da viagem. A saber, geralmente é incluído nos planos de seguro viagem com destinos a partir de 100km do local de residência do segurado.

6. Convalescença em hotel

Esse item garante diárias de hotel ao segurado e um acompanhante. Mas apenas caso seja necessário período de recuperação pós-tratamento ou doença antes de viajar ao seu país de origem. Assim sendo, o valor das diárias é descrito na apólice do seguro.

Quer saber quais são e para que servem as coberturas do seguro viagem? Confira aqui!

7. Despesas extraordinárias

Garante o reembolso de despesas inesperadas, que forçam a permanência do segurado, impedindo o retorno ao país de origem, como perda de passaporte, roubo de documentos, entre outros.

8. Despesa Médica Hospitalar (DMH)

O item mais importante do seguro viagem, que também é o responsável pela variação de valores entre planos. Ele garante a indenização das despesas médicas e hospitalares durante a viagem, em caso de acidentes ou doença súbita. 

Existe também a DMH para doenças preexistentes, que cobre os gastos provenientes de doenças crônicas ou preexistentes. A saber, é válida mesmo que o segurado não saiba da existência da doença, como diabetes ou pressão alta, que necessitam de atendimento rápido.

Dicionário de seguro viagem

Imagem de Edeltravel_ por Pixabay

9. Franquia

Se o plano do seguro viagem for com pagamento de franquia, o segurado pagará uma taxa quando necessitar utilizá-lo. A saber, é utilizado esse método para garantir que o plano tenha um custo menor na hora da contratação. 

10. Regresso sanitário

Esse item garante indenização das despesas do traslado para o país de origem. Portanto, caso o segurado necessite de condições especiais de viagem após um acidente ou doença.

11. Repatriação médica ou funerária

A repatriação médica ocorre em caso de doença durante a viagem. Assim sendo, quando a seguradora fica encarregada de levá-lo em segurança para seu local de residência para iniciar tratamento.

Também ela pode arcar com os cursos do traslado do corpo, caso o segurado venha a óbito durante a viagem.

12. Sinistro

É a ocorrência de algum evento que necessite do acionamento do seguro durante o período da viagem.

Antes de contratar o seguro viagem, é importante você fazer uma pesquisa sobre quais são as melhores seguradoras.

Além disso, optar em contratar uma que seja regulamentada pela SUSEP. Afinal, você não quer correr o risco de ficar na mão, caso precisar acionar a proteção, não é mesmo?

Então, agora você já tem acesso ao dicionário de seguro viagem. Se ficar mais dúvidas, fale com seu corretor de seguros!

Andreia Silveira

Andreia Silveira é turismóloga e redatora e editora desde 2011. Iniciou os estudos em Turismo e Letras, USC/Bauru, graduada em Gestão de Turismo, Uninter, possui certificação como Gestora de Turismo pelo MTur e em Operação de Roteiros Turísticos e Monitoria de Atrativos Turísticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.